Publicidade
Manaus Hoje
FORAGIDOS

Dois foragidos do Compaj são recapturados por equipe policial em Manaus

As prisões dos foragidos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim ocorrem na Zona Norte da capital após denúncias anônimas 08/02/2017 às 14:19
Show foragidos
(Foto: Divulgação)
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Policiais civis da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) prenderam, na manhã  desta quarta-feira (8) , dois foragidos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). São eles Elson Soares da Costa, 24, e William Carvalho da Silva, 21. A informação foi repassada pelo titular da secretaria, Orlando Amaral.

A primeira prisão foi de William. Ele estava escondido na casa da avó, de número 24, localizada na rua Domicio Santos, na primeira etapa do bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus. Segundo Orlando Amaral, a equipe chegou ao foragido, após uma denúncia anônima repassada ao disque 181 da secretaria.

De acordo com o secretário da Seaop, a denúncia informava que havia um foragido na casa e que o mesmo apresentava vários hematomas no rosto. William Carvalho responde na Justiça pelo crime de roubo e é investigado também pelos crimes de tentativa de homicídio e homicídio qualificado.

O outro foragido preso pela equipe da Seaop foi localizado na casa da mãe, situada na rua Amazonas, comunidade Rio Piorini, bairro Terra Nova, também na zona Norte da capital amazonense. A prisão também ocorreu após denúncia anônima. Conforme a Secretaria Adjunta de Inteligência (Seai), os dois são foragidos do dia 1 de janeiro.

Elson Soares é apontado pela polícia como um criminoso de alta periculosidade. Ele responde na Justiça pelo latrocínio (roubo seguido de morte). Já William responde por roubo praticado em abril de 2016. Na época, William havia sido preso com mais quatro pessoas, após assalto em ônibus na avenida Torquato Tapajós.

A dupla será encaminhada hoje para o Compaj, no quilômetro 8, na BR 174, onde devem cumprir o restante das penas. “Todos foram conduzidos direto para o Compaj”, afirmou o secretário da Seaop, Orlando Amaral.

Publicidade
Publicidade