Sábado, 19 de Setembro de 2020
zona oeste

Dois homens são mortos no Bairro da Paz em troca de tiros com a Rocam

Na casa onde a dupla estava, foram encontrados um fuzil, uma pistola Taurus e uma granada



armas_CAA8F991-C09F-4972-A0A2-41DB47A8531B.JPG Foto: Divulgação
19/07/2020 às 18:26

Dois homens, até o momento não identificados, foram mortos após trocarem tiros com a Polícia Militar, na tarde deste domingo (19), em uma residência do Bairro da Paz, Zona Oeste de Manaus.

De acordo com um tenente da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), o caso iniciou com a prisão de outros dois integrantes de uma facção criminosa, que foram pegos com uma pistola e várias munições, logo pela manhã no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste.



Após a prisão da dupla, a polícia descobriu que, em uma residência no Bairro da Paz, havia armamentos e artefatos explosivos. Segundo a equipe da Rocam, no momento em que chegou ao imóvel, os criminosos efetuaram disparos de arma de fogo, e uma troca de tiros ocorreu.

"Chegamos ao local e fomos recebidos a tiros, momento em que revidamos à injusta agressão e alvejamos os dois. Nenhum policial foi atingido. Os infratores foram socorridos e levados para o 28 de Agosto", disse o oficial.

Na casa onde a dupla estava, foram encontrados um fuzil de calibre 556 - utilizado pelas Forças Especiais - além de uma pistola Taurus, ponto cem. Conforme informações apuradas pela Polícia Militar, a dupla era apontada como envolvida em um tiroteio ocorrido na semana passada, ainda no bairro Alvorada, que resultou na morte de duas pessoas da mesma família, além de ter deixado um adolescente de 13 anos ferido.

De acordo com boletim médico repassado à polícia, os dois criminosos não resistiram aos ferimentos e morreram durante procedimentos cirúrgicos. O caso foi registrado no 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP). No entanto, após o óbito dos indivíduos, um boletim de ocorrência também foi formalizado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), em virtude da intervenção policial que acarretou na morte dos infratores.

No local da residência onde os criminosos foram descobertos, o grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos (Marte) precisou ser acionado, minutos após a ação, para desarmar uma granada deixada no local. A área precisou ser isolada até que o trabalho da polícia fosse concluído. Ninguém ficou ferido.

Segundo o oficial do Marte, capitão Mansano, o grupamento foi acionado logo após a ação da Polícia Militar, que resultou na morte de dois integrantes de uma facção criminosa. A equipe policial foi ao local - uma quitinete alugada para os infratores - e precisou efetivar a detonação do artefato.
"Fomos acionados logo depois do impasse com os dois meliantes. Nos deslocamos até o local e conseguimos detonar o artefato, que já não oferece mais perigo para os proprietários do imóvel, que era alugado para os indivíduos. O artefato, como já é praxe, foi adquirido de maneira ilegal", explicou o policial.

News fe58c969 f689 427d bdc3 fb9389c2f509 adee0aa5 fa35 42f7 850c 32125f8d473c
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.