Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020
ZONA LESTE

Homens agredidos em rua não resistem a ferimentos e morrem no Mauazinho

Rayleno Lima da Silva, 31, e Gilberto Kleber de Souza Lins, 35, foram agredidos até a morte na tarde dessa terça-feira (22), nas ruas Coreia do Norte e avenida Arica



show_9d16b9ca-0dce-4b15-9f67-c1ee1d965d8f-720x472_41D52614-BEB4-4682-B838-251DC59B9F7F.jpg Foto: Arquivo AC
23/09/2020 às 15:29

Os autônomos Rayleno Lima da Silva, 31, e Gilberto Kleber de Souza Lins, 35, foram agredidos até a morte nas rua Coreia do Norte e avenida Arica (antiga Rio Negro), localizadas no bairro Mauazinho, na Zona Leste de Manaus, na terça-feira (22).

Rayleno foi morto por volta das 15h, conforme o Instituto Médico Legal (IML), enquanto que a morte de Gilberto ocorreu por volta das 21h34, ainda de acordo com o instituto.



Segundo Boletim de Ocorrência (BO) registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), o irmão de Rayleno comunicou à polícia que a vítima apanhou na rua, e, ao chegar em casa, ainda na tarde de terça-feira, queixou-se de dor no estômago. O homem morreu ainda no mesmo dia. A morte foi confirmada por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com BO registrado na DEHS, o pai da vítima não soube dar mais informações sobre o homicídio do filho, pelo fato de Gilberto não morar com o familiar. Foi informado que a vítima era morador de rua e dependente químico. Gilberto foi morto no beco Sementinha.

Os corpos de Rayleno e Gilberto foram levados ao IML. A Polícia Civil (PC) informou que os autores dos dois assassinatos permanecem desconhecidos. DEHS deve investigar os casos.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.