Domingo, 23 de Fevereiro de 2020
TIROTEIO

Dupla armada abre fogo contra a PM e atinge pedestres na av. Boulevard, em Manaus

As vítimas baleadas no tiroteio foram um homem e uma mulher levados a um hospital. Os dois suspeitos foram presos



1.jpg Foto: Divulgação
23/10/2017 às 13:19

Dois homens foram presos na manhã desta segunda-feira (23), em Manaus, após abrirem fogo contra policiais militares e atingirem pedestres na avenida Boulevard Álvaro Maia, no bairro Nossa Senhora das Graças, na Zona Centro-Sul da cidade. Eles são suspeitos de assaltarem um estabelecimento comercial no bairro São Raimundo, na Zona Oeste da capital.

De acordo com a Polícia Militar, a dupla estava armada dentro de um veículo modelo Corsa Classic de cor preta e placas não informadas. Após assaltarem o comércio, Os dois homens saíram em fuga do bairro São Raimundo no sentido da av. Álvaro Maia. Uma guarnição da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) da Polícia Militar iniciou a perseguição e, ao chegarem nas proximidades do Cemitério São João Batista, efetuaram as prisões deles.



Segundo a PM, os dois suspeitos trocaram tiros com os policiais e acabaram atingido dois pedestres que passavam na av. Boulevard. “Eles atiraram contra a guarnição e também na rua para que a população abrisse passagem par ele. Os policiais então atiraram no pneu e, quando o veículo parou, realizaram as prisões”, disse um policial que preferiu não ter o nome relevado.

As duas pessoas baleadas no tiroteio foram um homem e uma mulher não identificados, que foram socorridos e levados ao Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul. Eles recebem atendimento médico neste momento, O estado de saúde deles não foi confirmado pelas autoridades.

Os dois infratores foram levados para o 5º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro São Raimundo, para os procedimentos legais.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.