Publicidade
Manaus Hoje
POLÍCIA

Dupla é presa após cortar dedos de membro da mesma quadrilha em Iranduba

Vídeo do crime foi filmado e compartilhado em redes sociais. Homens tinham envolvimento com tráfico de drogas no município 08/11/2018 às 16:53
Show dupla e465ebb4 d5fa 4c9d 81cc 8537244ab7be
Foto: Divulgação
Fábio Oliveira Manaus (AM)

Dois homens envolvidos com o tráfico de drogas em Iranduba (a 40 quilômetros de Manaus) foram presos após torturarem um homem que teve quatro dedos de umas das mãos cortados com um terçado. O vídeo do crime foi filmado e postado em grupos de WhatsApp, que acabou facilitando as investigações da Polícia Civil do município.

De acordo com a delegada Sylvia Laureana, titular do 31º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Ewerton Eduardo Ferreira Braga, 22, e Rociney Melo Caldas, o “Velho”, 33, estavam no local e participaram da tortura, que ocorreu em uma área de mata no bairro São Francisco.

O homem, que é integrante também da mesma quadrilha de traficantes, foi posto em um “Tribunal do Crime”, no qual participaram pelo menos oito pessoas.

Segundo a delegada, o homem roubou 250 gramas de maconha e por isso foi punido com os dedos cortados. A ordem partiu do chefe do tráfico em Iranduba, conhecido como “Despagner”, que atualmente está preso por tráfico de drogas. De dentro do presídio, ele repassou a ordem para “Velho”, que reuniu o resto bando e executou o crime.

Os dois negam o crime, mas segundo a delegada titular há provas suficientes de que a dupla está envolvida. Ewerton foi localizado em uma casa na rua Rio Purus, no São Francisco, e “Velho” na avenida Amazonas, Centro, ambos em Iranduba.

Os dois tiveram mandados de prisão preventiva expedidos por tráfico de drogas e também foram indiciados por porte ilegal de arma de fogo e munições.

Publicidade
Publicidade