Publicidade
Manaus Hoje
TRÁFICO DE DROGAS

Dupla é presa com 165 trouxinhas de pasta base de cocaína e R$ 3 mil do tráfico

Os policiais verificaram que os dois possuíam passagem por tráfico de drogas e um deles, “Dodô”, inclusive tinha mandado de prisão em nome dele pelo mesmo crime 27/02/2018 às 14:29
Show 96fc4b84 677f 495e bb9d f1cf2ae2941c
Foto: Divulgação
acritica.com

A Polícia Civil do Amazonas prendeu em flagrante, em Manaus, Anderson Euclides Araújo Souza, 20, e Carlos Antônio Tavares de Souza, 23, o “Dodô”, envolvidos com o tráfico de drogas na cidade. Segundo a delegada Rita de Cássia Tenório, titular do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), foram encontrados com eles 165 trouxinhas de pasta base de cocaína e R$ 3 mil.

De acordo a autoridade policial, a dupla foi presa na casa onde morava, situada na rua Pequi, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte da capital. Conforme a delegada, os policiais civis do 26° DIP chegaram até os infratores após receberem denúncias feitas ao número (92) 3228-1127, o disque-denúncia da unidade policial, informando a comercialização de drogas no endereço supracitado.

“Montamos campana no local indicado e observamos os jovens em atitude suspeita. Efetuamos a abordagem e, durante revista na residência, encontramos 165 trouxinhas de pasta base de cocaína e, ainda, R$ 3.085 em espécie, proveniente da venda de substâncias ilícitas”, explicou a delegada.

Passagem pela polícia

Conduzidos ao prédio do 26º DIP, os policiais civis verificaram, durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), que Anderson e Carlos possuem passagem pela polícia por tráfico de drogas. Foi constatado, ainda, que “Dodô” tinha, em nome dele, mandado de prisão preventiva em aberto por tráfico de drogas, expedido no dia 5 de dezembro de 2017, pela juíza Lídia de Abreu Carvalho Frota, da 1ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute).

Os dois, Anderson e Carlos, foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Após os trâmites legais eles foram levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis. Em razão do mandado de prisão preventiva em nome de Carlos, ao término da Audiência de Custódia, ele será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá permanecer à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade