Publicidade
Manaus Hoje
DECAPITARAM

Dupla usou prato quebrado para cortar cabeça de homem e filmou crime em Manaus

Corpo da vítima foi encontrado ontem (5) no Parque Dez. Um dos suspeitos, conhecido como “Cadáver”, é do Pará e tem 20 homicídios nas costas 06/07/2018 às 10:34 - Atualizado em 06/07/2018 às 14:50
Show whatsapp image 2018 07 06 at 10.12.47
Foto: Jander Robson
Larissa Golvin Manaus (AM)

Os dois suspeitos de matarem Edivaldo Costa Soares, que foi encontrado decapitado na manhã de ontem (6), em Manaus, em uma área de mata no bairro Parque Dez, foram capturados pela Polícia Civil no bairro da União. Um deles é um adolescente de 15 anos. O outro, Alex de Almeida Silva, 25, o “Cadáver”, está há pouco tempo em Manaus vindo do Pará e responde por 20 homicídios naquele estado, segundo ele mesmo disse em depoimento.

Os dois foram encontrados pela polícia sob efeitos de drogas. No celular de Alex foi encontrado um vídeo gravado pela dupla do momento em que eles matavam Edivaldo. Quando o corpo da vítima foi achado ontem (6), a cabeça não havia sido encontrada. O adolescente de 15 anos informou para a polícia que a cabeça da vítima estava enterrada em uma área do bairro Shangrilá conhecida como “Jacarézinho”.

O delegado Jeff David Mac Donald, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), contou que Edivaldo havia chamado os dois suspeitos para usar entorpecentes no local onde foi morto. “Os três foram usar drogas no local e lá o Alex viu que tinham objetos frutos de roubo, e reconheceu a bolsa da tia dele que tinha sido roubada uns dias antes. Começou uma discussão e Alex deu um golpe de mata-leão que desacordou a vítima” contou o titular.

O delegado disse ainda que um pedaço de prato quebrado foi utilizado pela dupla para cortar a cabeça de Edivaldo, mas não foi o suficiente para decapitar. Alex, então, foi até a residência dele e pegou um terçado, que ele usou para terminar de decapitar a vítima.

Alex foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e será levado para uma Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis. Já o adolescente irá responder por ato infracional análogo ao crime de homicídio e encaminhado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Publicidade
Publicidade