Publicidade
Manaus Hoje
CRIME

Dupla envolvida em roubou carga avaliada em R$3 milhões é presa pela polícia

De acordo com o delegado Adriano Félix, ainda existem mais três pessoas envolvidas que continuam sendo procuradas 21/07/2017 às 10:51 - Atualizado em 21/07/2017 às 10:59
Show dupla
(Foto: Jander Robson)
Dani Brito Manaus (AM)

Dois integrantes de uma associação criminosa que era investigada pelo roubo de uma carga de microprocessadores avaliada aproximadamente em R$3 milhões foram presos nessa quinta-feira (20), por policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD).

Wildemar Azevedo da Costa, 31, e Juan Ricardo Braga Carlucci, 25, eram investigados desde o dia do crime, 30 de junho deste ano. De acordo com o delegado Adriano Félix, ainda existem mais três pessoas envolvidas que continuam sendo procuradas.

O roubo teve como vítimas uma transportadora que fazia o transporte de cargas para uma empresa do Polo industrial de Manaus e a empresa que iria receber a carga.

"O Wildemar era o mentor do crime, já o Juan entrou com o carro que foi utilizado no dia do fato. Uma terceira pessoa foi identificada como funcionário de uma empresa de transportes e os outros dois últimos estiveram presentes durante a ação, foram eles quem abordaram a vítima e anunciaram o assalto", destacou o delegado.

Ainda segundo Félix, o crime ocorreu nas mediações da Bola da Suframa, na Avenida Ministro Mário Andreazza, bairro Vila Buriti, zona Sul da capital. Na ocasião os infratores abordaram o motorista da Van que fazia o transporte da carga com armas de fogo e roubaram o material que havia acabado de chegar da China e iria ser entregue à uma empresa do Distrito Industrial.

Conforme os infratores, a carga foi vendida para uma empresa do Paraguai pelo valor de R$250 mil. A investigação deve continuar a fim de que seja identificado o receptador da mercadoria e outros possíveis envolvidos.Um dos procurados foi identificado como Renan Martins de Oliveira, e segundo a polícia, foi o responsável por abordar o motorista da van com uma arma.

A dupla foi indiciada por roubo majorado e associação criminosa e será levada ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

Publicidade
Publicidade