Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
estelionato e receptação

Dupla que enganava empresários com falsos depósitos é presa junto com receptador

Os dois homens faturam cerca de R$ 100 mil enganando os donos dos produtos. Eles simulavam a compra e fazia o pagamento com um depósito falso. Depois, os produtos furtados eram vendidos para o terceiro homem, que chorou na delegacia e disse que era inocente



_ndicererer.jpg Foto: Kamyla Gomes
21/07/2016 às 17:22

O vendedor José Francisco de Souza Bezerra, 43, conhecido como "Max", Irailton Santos de Oliveira, 43, e o comerciante Manoel Franco Filho, 55, foram presos pelo crime de estelionato e receptação de produtos furtados, durante a manhã de hoje (21), em lugares diferentes da cidade.

De acordo com informações do delegado Aldeney Goes, titular do 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), as investigações sobre o trio iniciaram em junho, no momento em que uma das vítimas registrou boletim de ocorrência relatando que havia vendido uma carga de produtos para uma pessoa que teria feito o depósito falso em uma agência bancária.



Segundo o delegado, Max era responsável por comprar produtos, como televisores e celulares. Irailton revendia os produtos furtados. Manoel foi um dos receptadores.

Na delegacia, Manoel chorou e disse que era inocente. O delegado ressaltou que mais de dez vítimas foram ouvidas na delegacia para traçar as características dos suspeitos apontados de praticarem o crime pela cidade.

Goes disse que, provavelmente, mais de 100 pessoas teriam caído no golpe e que Max e Irailton faturaram em média R$ 100mil.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.