Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
INTERCEPTADOS

Dupla que realizava arrastões no bairro Parque Dez é presa em Manaus

Leonardo Nascimento, 33, o ‘Léo Gordo’, e Thomé de Souza, 25, estavam praticando arrastões na região após terem roubado um carro na véspera de Natal. Léo Gordo ainda foi atingido com um tiro de raspão na cabeça



b156017b-4c09-423c-9434-71ab7c1b3a87_532C18B4-3BE7-41DB-98F0-C72BF815765A.jpg Foto: Winnetou Almeida
26/12/2019 às 19:15

Thomé Júnior Gomes de Souza, de 25 anos, e Leonardo Valdeci Pinto Nascimento, 33, o “Léo Gordo”, foram presos em flagrante na tarde desta quinta-feira (26), depois de roubarem um veículo modelo Up, de cor preta, e praticarem vários assaltos pela cidade de Manaus.

Na ocasião, segundo a proprietária do carro, uma jovem de 18 anos, ela estava saindo do estacionamento de uma clínica de estética localizada na avenida Jornalista Humberto Calderaro Filho, na Zona Centro-Sul, na última terça-feira (24), quando 'Léo Gordo' chegou anunciando o assalto.



"Ele me abordou quando eu ia saindo com o carro, aí ele mordeu minha mão, pegou a chave e foi embora. Tive que tomar vários medicamentos antivirais", desabafou a garota, bastante abalada.

Desde então, os criminosos estavam praticando arrastões pelas ruas do bairro Parque Dez, na Zona Centro-Sul, e arredores, entre eles um roubo a um casal que estava na rua Sátiro Dias, no bairro São Francisco. De acordo com uma das vítimas, um homem de 33 anos que não quis se identificar por medo de represálias, os criminosos chegaram no carro roubado e intimidaram as vítimas com um revólver simulacro de arma de fogo, quando elas chegaram à residência, na manhã da última quarta-feira (25). A mulher, 32 anos, chegou a ser apalpada por um dos assaltantes, enquanto entregava o celular; já o rapaz, ao perceber a ação, tentou simular que estava urinando próximo ao local.

"Quando eu vi eles chegando, eu fiquei parado, fingindo estar urinando. Eles foram lá comigo, eu joguei meu celular pra eles e eles disseram que, se eu corresse, eles iriam atirar em mim. Depois eles foram lá com ela, pegaram o celular e a apalparam", desabafou a vítima.

Prisão

Enquanto estava fazendo os arrastões, a dupla foi interceptada por policiais da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que faziam patrulhamento pela área.

Ao avistarem a guarnição, os suspeitos empreenderam fuga pelas ruas do bairro, mas foram alcançados na Rua do Comércio, após terem um dos pneus furado pela polícia; Leonardo levou um tiro de raspão na cabeça, foi socorrido pelos policiais até o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na mesma zona. Após ter recebido alta médica, foi removido e encaminhado, junto com o outro comparsa, para o 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP).


Foto: Winnetou Almeida

Algumas vítimas se apresentaram à delegacia e conseguiram recuperar alguns pertences, dentre os quais, haviam bolsas, celulares e jóias.

"Nós conseguimos detê-los com o apoio da Força Tática, de policiais da Rocam e de um helicóptero da Polícia Militar; a ideia era tirá-los de circulação. Com eles, foram apreendidos pertences como bolsas, celulares e um revólver do tipo simulacro. Pedimos para que as outras vítimas possam se apresentar ao DIP para fazerem o reconhecimento dos pertences apreendidos", esclareceu o subtenente da polícia militar, Thomé de Souza, coordenador da operação.


Foto: Winnetou Almeida

Segundo a polícia, os criminosos, que já têm passagens pela polícia, serão autuados em flagrante pelo crime de roubo majorado - por uso de violência - e serão encaminhados a uma audiência de custódia.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.