Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
LATROCÍNIO

Entregador de pizza é assassinado enquanto trabalhava no Novo Aleixo

Igor Marinho de Arruda, 22, foi atingido por cinco tiros. Ele já tinha passagem pela polícia, que classificou o caso como latrocínio



show_dehs_crime_FDFBB022-EFB9-4F1A-935B-F25BE706B7DC.JPG Foto: Divulgação
15/06/2019 às 12:40

Igor Marinho de Arruda, 22, foi executado com cinco tiros na noite de sexta-feira (14), quando fazia entrega de pizza. Os criminosos levaram a motocicleta que ele estava usando para fazer as entregas. A polícia classificou como latrocínio (roubo seguido de morte). Inicialmente o caso será investigado pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD).

Conforme p que foi apurado pela polícia, Igor, que já teve envolvimento com o tráfico de droga estava trabalhando em uma pizzaria fazendo entrega. Na noite de ontem, por volta das 21h ele foi fazer uma entrega na travessa Juara, bairro Novo Aleixo, Zona Leste e quando chegou ao endereço que estava no pedido foi informado que não havia nenhum pedido de pizza ali.

Quando retornava, a poucos metros do endereço da entrega foi abordado pelos criminosos que fizeram cinco disparos contra ele que acabou morrendo no local levando a motocicleta, uma Honda CF 125 Fan, de placa JWY-1078 e cor prata. O corpo de Igor foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com informações do site do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), em junho de 2017 Igor foi preso em flagrante por tráfico de droga. Ele foi autuado no 6º Distrito Integrado de Polícia (Dip). O processo tramita na 2ª Vara Especializada Combate de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute), e respondia em liberdade cumprindo medidas cautelares. Até o momento, conforme a polícia, não há indícios de que o crime possa estar ligado ao tráfico de droga.

Receba Novidades

* campo obrigatório
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.