Terça-feira, 19 de Outubro de 2021
Polícia

Envolvido em ataques criminosos é preso durante 2ª fase de operação da PC-AM

Messias de Oliveira Mangabeira, de 18 anos, irá responder pelos crimes de organização criminosa, dano qualificado e porte ilegal de explosivos



9f92f4c4d50c8af7088b6a12ada26838_dsc_3119_FC182E99-4575-4B3C-88C9-84735F979480.jpg Foto: Divulgação
17/08/2021 às 14:24

Três mandados de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta terça-feira (17) pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio das equipes do 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), como parte da segunda fase da operação “Fight Back”. A ação também resultou na prisão preventiva de Messias de Oliveira Mangabeira, de 18 anos, conhecido como “Lágrima”, envolvido em ataques criminosos ocorridos na capital, em junho deste ano.

Segundo a PC, no decorrer da ação, um indivíduo identificado como Lucas Rodrigues da Silva, de idade não informada, foi preso em flagrante, após praticar vários roubos de cordões no bairro Centro, zona sul.

A autoridade policial relatou que a operação foi realizada em continuidade aos trabalhos já desempenhados pelas equipes, que apuravam um atentado com granadas, praticados contra o prédio do 24º DIP, na madrugada do dia 6 de junho deste ano.

“Estávamos monitorando os alvos da operação para executarmos as prisões no momento mais favorável. Messias foi localizado na casa de Leandro Mikael Cruz da Silva, 29, que havia sido preso na segunda-feira (16), por policiais da 35ª DIP de Careiro da Várzea (a 25 quilômetros de Manaus), também envolvido nos ataques e pelo roubo de duas lanchas”, contou o delegado.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos bairros Centro, Educandos e Santa Luzia, todos na zona sul de Manaus.

PRIMEIRA FASE DA OPERAÇÃO

No dia 9 de junho deste ano, o Governo do Estado, por meio da operação “Fight Back”, coordenada pela PC-AM, realizou as prisões de três indivíduos envolvidos nos ataques criminosos à capital. Duas lanchas utilizadas no delito, além de entorpecentes, foram apreendidas durante a operação policial, que contou com o apoio do 3º DIP e da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Consumidor (Decon).

Os três homens foram identificados como João Vitor de Azevedo Melo, de 22 anos; Sidynei Matheus Santos Machado, 23, conhecido como “Maranhão”; e Roney Marinho Machado, 26.

PROCEDIMENTOS

Messias irá responder pelos crimes de organização criminosa, dano qualificado e porte ilegal de explosivos. Já Lucas Rodrigues responderá por roubo majorado. Eles serão encaminhados à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da Justiça.



News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.