Domingo, 08 de Dezembro de 2019
BRIGA

Estudante de 17 anos é morto com facada na jugular no Alfredo Nascimento, em Manaus

Familiares informaram que a vítima teria se envolvido em um bate-boca com um homem, mas ninguém soube informar quem



show_1_058AE7E5-9E36-44A9-B4A0-69FBD7ED8637.jpg Foto: Arquivo A Crítica
02/09/2018 às 15:59

O estudante Hueden Willian Santos Soares, de 17 anos, foi assassinado com uma facada na jugular na manhã de ontem, sábado (1), por volta de 7h30, na rua Ronaldo Lemos, bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte de Manaus. O adolescente ainda chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, mas não resistiu e veio a óbito na unidade.

De acordo com o pai do estudante, o motoboy Max-Hueden, 33, a família não sabe o que aconteceu nem o que motivou o crime. “Estava dormindo quando chegaram avisando que meu filho tinha sido morto. Sai perguntando de várias pessoas sobre o que tinha acontecido, mas ninguém viu nada, ninguém sabe de nada. A lei do silêncio é a que prevalece”, afirmou.



O motoboy disse que soube por alto que houve uma confusão, um bate-boca e um homem acertou o filho dele com uma faca na jugular. Entretanto, ninguém soube informar quem é o suspeito. “É uma situação muito triste. Meu filho era um adolescente ainda, tinha a vida toda pela frente, estudava a noite e trabalhava durante o dia no lanche do tio. Era um menino bom, todo mundo aqui conhecia ele. Esperamos que a polícia dê resposta para que a justiça seja feita”, destacou.

Willian deixa uma filha de 1 e 5 meses. O velório ocorreu numa igreja próximo à casa da família, no mesmo bairro onde foi morto. O enterro ocorreu às 15h deste no cemitério Parque Tarumã, Zona Oeste. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.