Domingo, 25 de Agosto de 2019
feminicídio

‘Eu pedia a separação e ela não aceitava’, diz homem que matou companheira a facadas

Vanderli da Silva Bomfim, 46, disse, estar arrependido. Crime ocorreu no último domingo em um imóvel localizado no bairro Alvorada



HOMEM_FACADAS_31E83317-FAD4-428A-9F17-ED7739CA5070.JPG Foto: Winnetou Almeida
13/08/2019 às 10:59

Vanderli da Silva Bomfim, 46, o homem que matou a sua própria companheira a golpes de faca, disse na manhã desta terça-feira (13), em coletiva de imprensa, que matou Jeruza Gonçalves da Costa, de 29 anos, porque ela não aceitava o fim do relacionamento.

O homem disse, ainda, estar arrependido. “Se fosse hoje não teria feito. Nos conhecemos pelo Facebook, estávamos juntos desde dezembro”.

Segundo a delegada adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Marília Campello, o casal já vinha brigando desde a manhã de domingo (11). “Era um relacionamento super conturbado por brigas, discussões e várias lutas corporais. Ele confessa que durante o dia já havia desferido um soco contra ela”, explicou.

Entenda o caso

Vanderli foi preso em flagrante na manhã de ontem (12) pela equipe da DEHS, em uma casa, localizada na rua São Bento, no bairro Colônia Santo Antônio, na Zona Norte de Manaus. Ele é acusado de ter matado a facadas sua companheira Jeruza Gonçalves da Costa, de 29 anos, na noite de domingo (11). 

Jeruza foi morta no quarto onde morava em uma vila, na rua Umari, bairro Alvorada 1, Zona Centro-Oeste. Ela foi encontrada com duas facadas acima do peito e nas costas.

De acordo com a irmã da vítima, Adriana Gonçalves da Costa, de 34 anos, a irmã dela e o suspeito estavam juntos há pelo menos 11 meses. Ainda segundo ela, após cometer o crime, Vanderli teria pedido para uma moradora da vila acionar a polícia, em seguida ele fugiu.

“Eles brigavam muito. Ela tinha muito ciúmes dele. Os dois estavam ingerindo bebida alcoólica no local. A gente sempre orientava ela para terminar esse relacionamento, mas ela não nos ouviu, infelizmente”, lamentou.

Vanderli foi indiciado pelo crime de feminicídio. Ele será encaminhado para audiência de custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.