Sábado, 04 de Julho de 2020
VIOLÊNCIA SEXUAL

Ex-dançarino é preso em Beruri suspeito de estuprar uma adolescente de 13 anos

Segundo a polícia, crime aconteceu quando o suspeito residia na capital e foi ao município. Ele foi preso em cumprimento a mandado de prisão



FACHADA_DA_DIP_DE_BERURI_16CCDE57-435A-486C-9D45-92A8F42CBD16.jpeg
03/06/2020 às 15:46

Policiais civis da 80ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Beruri (distante 173 quilômetros em linha reta da capital), sob o comando da delegada-geral Emília Ferraz e coordenação do investigador Fabiano Oliveira, gestor da unidade policial, capturaram, em cumprimento de mandado de prisão preventiva, nesta quarta-feira (03/06), por volta das 10h30, um homem de 31 anos, pelo crime de estupro de vulnerável. A prisão ocorreu em uma via pública daquele município.

De acordo com o investigador Fabiano Oliveira, o infrator, que é ex-dançarino de uma banda, teria abusado sexualmente de uma adolescente de 13 anos, em janeiro deste ano, quando residia na capital. A vítima é filha da mulher com quem ele mantinha um relacionamento.



“Após o indivíduo ter cometido o crime, ele saiu da capital e veio aqui para o município. Aqui em Beruri, ele morava na casa de um familiar e trabalhava em um lanche”, comentou o investigador.

Ainda segundo Fabiano, a equipe de polícia teve conhecimento do caso após denúncias feitas, as quais informavam a localização do infrator. Conforme a autoridade policial, a ordem judicial em nome do infrator foi expedida, no dia 23 de janeiro de 2020, pelo juiz Ian Andrezzo Dutra, do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJ-AM).

Procedimentos – O indivíduo foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele ficará custodiado na delegacia à disposição da Justiça.  

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.