Publicidade
Manaus Hoje
PRISÃO

Ex-detento volta para a cadeia suspeito de ter matado jovem de 19 anos

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros, o crime foi motivado por uma dívida referente à venda de uma pistola 380 10/05/2017 às 11:12
Show homicidio
(Foto: Jander Robson)
Dani Brito Manaus (AM)

O ex-detento Wanderley Neves Serzedelo, 21, foi preso nessa terça-feira (9), em cumprimento a mandado de prisão, suspeito de ter matado Cleilson Maurício de Souza, 19. O crime ocorreu em fevereiro deste ano, no bairro Santa Etelvina, zona Norte de Manaus.

De acordo com a polícia, o crime foi motivado por uma dívida referente à venda de uma pistola 380. "O Wanderley tinha vendido essa arma para a vítima em 2014. No entanto, cleilson foi participe de um assalto utilizando a arma e acabou sendo preso e a arma apreendida pela polícia. Diante disto, ele ficou com a dívida da arma com Wanderley", destacou Juan Valério, delegado da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Após o fato, o infrator começou a cobrar a quantia de R$2,5 mil referente a arma. Porém, em abril de 2016 Wanderley foi detido por tráfico de drogas e permaneceu preso até janeiro deste ano.

"Durante o tempo em que ficou preso ele planejou a morte do Cleilson. Dois dias depois de ter sido colocado em liberdade ele foi até a vítima e o alvejou com disparos de arma de fogo", ressaltou o delegado.

O infrator já responde a quatro processos criminais. Ele foi autuado por homicídio qualificado e encaminhado ao Centro de Detenção Provisoria Masculino (CDPM).

Publicidade
Publicidade