Publicidade
Manaus Hoje
Ficou rindo na delegacia

Ex-presidiário volta a ser preso por tentar vender carro roubado por R$ 500

Vítima contou que foi assaltada por dois homens armados no Centro da cidade, mas não reconheceu o ex-presidiário como sendo um deles 03/04/2016 às 18:08
Show dffggfdfgdfgdfg
Carro pertence a um cubano de 23 anos (Fábio Oliveira)
Fábio Oliveira Manaus (AM)

O ex-presidiário Sidney de Lima Dutra, de 25 anos, foi preso em flagrante por policiais militares da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) com um carro roubado. Levado pra delegacia, ele alegou que encontrou o veículo na rua com a chave na ignição e que sua intenção era vendê-lo por apenas R$ 500. 

De acordo com o tenente Guilherme, supervisor de área da 5ª Cicom, a guarnição recebeu uma denúncia de que havia um veículo, modelo Pálio, de cor Cinza e placas não reveladas, estacionado na avenida Brasil e com restrição de roubo. 

Ao chegar próximo do carro, Sidney avistou a viatura e correu, sendo preso logo em seguida na rua Voluntários da Pátria, no Vila da Prata, Zona Oeste, por volta das 10h30 da manhã deste sábado (2) Ele alegou que encontrou o carro da rua e resolveu vendê-lo.

Segundo o tenente, o veículo pertence a um cubano de 23 anos. A vítima relatou que foi assaltada por dois homens, por volta das 21h, na rua Luís Antony, no Centro da cidade. Ele contou aos policiais militares que teve uma arma apontada para sua cabeça e que o suspeito o mandou sair do veículo. Na delegacia, o cubano e a namorada dele, de 23 anos, não reconheceram Sidney como sendo um dos suspeitos de ter participado do roubo.

Na delegacia, Sidney ficou rindo diante da situação, o que gerou desconforto por parte da vítima. Em consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) consta que o acusado já responde por um processo em liberdade pelo crime de porte de arma de fogo, fato que foi registrado no 21º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Como não foi reconhecido pelas vítimas como autor do roubo, Sidney foi autuado apenas por receptação. O caso foi registrado no 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Ponta Negra, também na Zona Oeste da cidade.

Na manhã desta segunda-feira (4), o presidiário deverá ser encaminhado para o regime fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), situado no KM 8, da rodovia BR 174,  para cumprir a nova pena.

Publicidade
Publicidade