FLAGRANTE

Flutuante lotado é interditado após descumprir normas de prevenção à Covid-19

O flutuante no Tarumã-Açu, na Zona Oeste de Manaus, também mantinha 16 quelônios e um filhote de jacaré em cativeiro. Animais foram resgatados e o local foi autuado e interditado

Portal A Crítica
06/07/2020 às 13:44.
Atualizado em 10/03/2022 às 07:11

(Foto: Divulgação/SSP)

A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), em continuidade a ação em flutuantes da capital amazonense, na tarde deste domingo (05/07), autuou estabelecimentos e resgatou animais silvestres.

Em um flutuante do Tarumã-Açu, na zona oeste de Manaus, 16 quelônios e um filhote de jacaré que estavam mantidos em cativeiro foram resgatados. Conforme a Polícia, eles estavam presos dentro do flutuante.

Além disso, o local foi interditado por não cumprir as determinações para prevenção da Covid-19, funcionando como bar e causando aglomerações. O local também estava em péssimas condições de higiene sanitária. 

Em outro flutuante, foi emitido auto de infração para adequações sanitárias. De acordo com a Central Integrada, o local cumpre as determinações para evitar a Covid-19.

A ação integrada contou com equipes da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), Polícia Militar do Amazonas (PMAM), Batalhão Ambiental da PMAM, Gabinete de Gestão Integrada (GGI), Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) e Guarda Municipal.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por