Publicidade
Manaus Hoje
Magia negra

Fotos de delegados são encontradas em ‘despacho’ dentro de cemitério em Manaus

O suposto ritual de magia negra estava no cemitério N. S. da Piedade, na av. Torquato Tapajós. O Sindicato dos Delegados de Polícia Civil (Sindepol) emitiu nota sobre o caso 23/08/2016 às 11:13 - Atualizado em 23/08/2016 às 16:56
Show ty
O ocorrido chamou atenção e viralizou nas redes sociais de Manaus, ontem (Reprodução)
acritica.com

Ontem (22) algo chamou bastante atenção e viralizou nas redes sociais em Manaus. Foram encontradas fotos de alguns delegados e outras autoridades policiais sendo utilizadas em suposto ritual de magia negra no cemitério Nossa Senhora da Piedade, na estrada da avenida Torquato Tapajós, Zona Oeste da capital.

No local foi possível identificar o delegado titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) Ivo Martins; o delegado Fabiano Pignata (ex-titular do 26° DIP); Cícero Túlio (ex-titular do 25° DIP); Henrique Brasil (titular da Delegacia Interativa-DI) e Rafael Costa e Silva, que é presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Amazonas (Sindepol-AM).

O Sindepol emitiu uma nota sobre o caso, repugnando o acontecido. “Cumpre esclarecer que não existe qualquer relação do ritual com os trabalhos policiais desenvolvidos pelos delegados cujas fotos são utilizadas. Esta entidade que legalmente representa os delegados de polícia descarta qualquer participação de traficantes ou outros criminosos eventualmente presos ou investigados pela Polícia Civil no ato em comento”.

Ainda em nota, o Sinpol credita ao fato uma espécie de “confronto, briga interna” que se deu após o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo órgão. “Isto está relacionado ao trabalho que vem sendo desenvolvido pelo sindicato e das decisões proferidas por autoridades judiciais que impediram o provimento derivado sem concurso público de servidores não aprovados ao cargo de delegado de polícia”.

Eles finalizaram a nota se solidarizando com cada um que apareceu nas imagens. “Que Deus conforte os corações daqueles contaminados pelo ódio desproposital de pessoas que desejam o mal a quem quer que seja”. Os delegados citados não quiseram comentar o ocorrido.

Publicidade
Publicidade