Publicidade
Manaus Hoje
POLÍCIA

Grávida é presa com 100 trouxinhas de drogas em quitinete na Zona Leste

Jovem confessou ser dona dos entorpecentes e foi autuada em flagrante por tráfico de drogas 26/06/2018 às 19:20
Show policia
Foto: Divulgação
Fábio Oliveira Manaus (AM)

A poucos dias de ter um bebê, a grávida Brenda Zerni do Carmo Ribeiro, 24 anos, foi presa em flagrante com quase 100 trouxinhas de drogas na Zona Leste de Manaus. A prisão foi realizada por policiais civis do 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), após um cumprimento de mandado de busca e apreensão.

De acordo com o delegado titular, Cristiano Castinho, Brenda estava dentro de uma quitinete localizada na rua Batrum, na comunidade São Lucas, bairro Tancredo Neves, que após revista confessou ser dona da droga encontrada dentro de seu quarto. Em depoimento, ela relatou que era usuária de drogas e que todos os entorpecentes eram para seu consumo pessoal.

Segundo o delegado, a prisão de Brenda ocorreu por meio de investigação e também por denúncias enviadas pela população. “Nós recebemos várias denúncias de movimentação da saída e entrada de pessoas em uma quitinete nessa rua, então solicitamos do juiz um mandado de busca e apreensão que foi autorizado, e por isso fomos até o local, que acabou resultando no flagrante de Brenda”, explicou Castilho.

Ele informou que o mandado era apenas para verificar a existência da denúncia e que durante revista foram encontradas as porções no quarto. “Como foram encontradas dentro do quarto dela, ela acabou confessando que a droga era dela mesma”, afirmou.

Segundo o delegado, Brenda é réu primária e deve ser conduzida para uma audiência de custódia, no Fórum Henock Reis, bairro são Francisco, Zona Sul da cidade.

Com ela foram encontradas 24 porções de supostamente maconha, além de 71 trouxinhas também aparentemente da mesma droga. Ela foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e em depoimento ainda revelou aos policiais que seu companheiro, cujo nome foi mantido em sigilo, segue preso em uma penitenciária do Estado também pelo crime de tráfico de drogas.

Publicidade
Publicidade