Publicidade
Manaus Hoje
CRUELDADE

Homem acusado de matar dentista e filha é preso no município de Coari

João Oliveira dos Santos, 25, foi preso no início da tarde de hoje. Durante assalto na casa, o criminoso atirou em Francisco Ferreira Barros, 72, e Glaucia Rayssa Antony, 25 17/02/2017 às 15:35
Show cruel 123
João Oliveira dos Santos, o “Joãozinho”. Foto: Divulgação
Kelly Melo Manaus (AM)

Um dia depois de ter assassinado o dentista Francisco Ferreira Barros, 72, e sua filha Glaucia Rayssa Antony Barros, 25, João Oliveira dos Santos, o “Joãozinho”, foi preso no início da tarde desta sexta-feira (17) no município de Coari (distante 363 quilômetros em linha reta de Manaus). A polícia segue procurando o segundo suspeito.

De acordo com a polícia, Joãozinho estava escondido em uma casa no bairro Tauá-Mirim e foi denunciado por moradores do local. Ainda segundo a polícia, uma das vítimas que sobreviveram o reconheceu como a pessoa que entrou na casa e cometeu o crime.

“A identificação do suspeito foi possível graças a imagens obtidas de um posto de combustível que fica  do local do fato. Ele estava na companhia de um outro indivíduo ainda não identificado”, explicou o delegado do município, Mauro Duarte.


Francisco Ferreira Barros, 72, e Glaucia Rayssa Antony, 25. Foto: Reprodução

Segundo o delegado, Joãozinho entrou  em um dos quarto, onde estavam a esposa do dentista e mais um filho dele, de três anos, e mandou que a mulher lhe entregasse o celular. Em seguida, o criminoso seguiu para outro quarto, onde estavam o dentista e a filha de 25 anos. Como eles resistiram em entregar os objetos, foram baleados e morreram no local.

Ainda de  acordo com Duarte, policiais civis e militares de Coari, além de uma equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs) ainda trabalham para identificar o segundo suspeito.

João dos Santos é considerado de alta periculosidade. Ele responde processo por homicídio, cometido em julho de 2015. A vítima foi o próprio tio do suspeito. Ele estava foragido da unidade prisional de Coari.

Publicidade
Publicidade