Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019
confissão

Homem admite que matou 'colega' estrangulado por ter R$ 30 e celular roubados

O suspeito confessou o crime e admitiu que matou porque a vítima havia lhe roubado R$ 30, além de um celular. Maxwell Coelho Neves, de 27 anos, disse em depoimento que bebia com a vítima em sua casa e, após ir ao banheiro, foi roubado.



max.jpg Maxwell foi preso por homicídio ocorrido no dia 13 de abril. Ele confessou o crime e explicou os motivos (Foto: Jander Robson/Freelancer)
18/04/2016 às 12:38

Maxwell Coelho Neves, de 27 anos, foi preso pela Polícia Civil do Amazonas pelo homicídio de Wellington Corrêa de Souza, de 18, ocorrido no dia 13 deste mês no bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus.

O suspeito confessou o crime e admitiu que matou porque a vítima havia lhe roubado R$ 30, além de um celular. Maxwell disse em depoimento que bebia com a vítima em sua casa e, após ir ao banheiro, foi roubado.



Maxwell teria, então, corrido atrás de Wellington e o encontrou já próximo de sua casa, na rua Marquês de Jerusalém, no mesmo bairro. Eles tiveram uma discussão e, em seguida, o suspeito o matou estrangulado.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.