Publicidade
Manaus Hoje
EXTORSÃO E AMEAÇA

Homem ameaça colocar vídeos íntimos de casal na Internet e é preso na Zona Norte

A vítima teve dois celulares roubado no dia 27 de julho deste ano, na rua Internacional, na Cidade de Deus, e nos respectivos aparelhos haviam fotos e vídeos íntimos dela e seu esposo 16/08/2018 às 17:10
Show homem 03f41d26 b615 4383 a6da f2664b53e8c4
Rafael Silva Sampaio, 26, vulgo “Pivete”. Foto: Jander Robson
Silane Souza Manaus (AM)

Um homem identificado como Rafael Silva Sampaio, 26, vulgo “Pivete”, foi preso por volta das 11h45, desta quinta-feira (16), no momento em que tentava extorquir a quantia de R$ 1 mil de uma jovem, que teve o aparelho celular roubado. Ele estava ameaçando colocar vídeos íntimos dela na Internet. A prisão aconteceu na rua Nossa Senhora dos Navegantes, bairro Alfredo Nascimento, Zona Norte de Manaus.

O acusado foi apresentado à imprensa, na tarde de hoje, no 13º Distrito Integrado de Polícia (DIP), bairro Cidade de Deus, Zona Leste de Manaus. 

De acordo com o delegado titular do 13° DIP, Raul Neto, a vítima teve dois celulares roubado no dia 27 de julho deste ano, na rua Internacional, na Cidade de Deus, e nos respectivos aparelhos haviam fotos e vídeos íntimos dela e seu esposo.

Ainda segundo o delegado, há três dias a vítima procurou a polícia e informou que estava sendo ameaçada por uma pessoa, através de uma página no Facebook e de mensagens pelo celular. “Os investigadores orientaram ela a marcar o encontro para fazer o pagamento e, assim, conseguimos prender o acusado em flagrante”, afirmou. 

Neto disse que o acusado não foi o autor do roubo. Ele comprou o aparelho celular roubado da vítima por R$ 100 e se aproveitou das fotos e vídeos da vítima para extorqui-la. 

“O acusado confessou em depoimento que a primeira intenção era apenas revender o aparelho, mas que ele viu as fotos e ‘cresceu o olho’. Viu a chance de ganhar mais dinheiro diante da situação da vítima”, relatou. 

Durante a apresentação, Rafael Sampaio disse à imprensa que estava arrependido e pediu desculpas da vítima. Na tarde desta sexta-feira, o acusado será encaminhado para audiência de custódia, onde aguardará decisão da justiça. 

Rafael foi preso em flagrante por extorsão e receptação, tendo em vista que ele foi preso com o celular da vítima. Se condenado, poderá pegar de seis meses a 12 anos de prisão.

O delegado Raul Neto ressaltou a importância de a vítima, que tenha o celular roubado, fazer o Boletim de Ocorrência, bem como o bloqueio do aparelho junto a operadora.

Publicidade
Publicidade