Publicidade
Manaus Hoje
CRIME

Homem é assassinado com sete tiros em invasão no Cemitério dos Índios em Manaus

O pai da vítima afirmou que o homem era usuário de drogas e poderia ter ido até o local para comprar entorpecentes. Os tiros atingiram a cabeça, costas e tórax do rapaz 21/09/2018 às 10:24
Show corpo encontrado dois 721c9076 5e37 49bc bee6 2d9acf044cd7
Testemunhas relataram que ouviram tiros durante a madrugada (Foto: Jander Robson)
Larissa Golvin Manaus (AM)

Um homem identificado como Michael Nascimento Castelo Branco, 23, foi morto a tiros na madrugada desta sexta-feira (21), em uma invasão no Cemitério dos Índios, localizado na Avenida Curaçao, no bairro Nova Cidade, na Zona Norte de Manaus. O corpo do homem foi encontrado por moradores no início da manhã.

Testemunhas informaram para a Polícia Militar do Estado do Amazonas (PMAM) que ouviram tiros durante a madrugada. O pai da vítima, que preferiu não se identificar, afirmou que o filho era usuário de drogas e não morava naquela localidade, porém, poderia ter ido até lá para comprar entorpecentes.

A Perícia Criminal disse que Michael foi atingido por sete tiros na cabeça, costas e tórax. O corpo dele foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Confusão com indígenas

Repórteres, fotógrafos e cinegrafistas foram impedidos de entrar na invasão. Com a chegada da Polícia Civil e Militar, a entrada da imprensa foi liberada. Mas na saída, índios armados com arcos e flechas não queriam autorizar a saída dos mesmos.

O líder da comunidade disse que somente os policiais iriam ser liberados, mas após dez minutos de negociação com a Polícia Militar da área a saída da imprensa local foi cedida.

Os índios alegaram que não queriam a presença de câmeras pela falta de apoio da reportagem à causa deles de retomarem para terras indígenas.

Publicidade
Publicidade