Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019
CASO ESTRANHO

Homem é morto a tiros e irmão é encontrado algemado e correndo no Tarumã-Açu

Luciano da Silva dos Santos estava muito assustado e disse ter sido sequestrado, junto com o irmão, por um grupo de seis pessoas no semáforo da antiga Arena Amadeu Teixeira



mosaico.JPG Irmão de Luciano foi encontrado morto a tiros no Tarumã-Açu. Foto: Divulgação
07/08/2017 às 21:02

Um homem identificado como Luciano da Silva dos Santos foi encontrado algemado nesta segunda-feira (7), por volta das 12h30, no Ramal da Pipoca, no Tarumã-Açu, na Zona Rural de Manaus. Ele estava muito assustado e disse ter sido sequestrado, junto com o irmão, em frente ao semáforo da antiga Arena Amadeu Teixeira, na av. Constantino Nery, na Zona Centro-Oeste. O irmão de Luciano, nome não revelado, foi encontrado morto a tiros no local.

 De acordo com a Polícia Militar, populares ligaram informando que estavam ouvindo gritos e disparos de arma de fogo no local. Uma guarnição foi deslocada até a área e se deparou com Luciano, que no momento da abordagem estava algemado e com escoriações pelo corpo.



Aos policiais, ele disse que conseguiu fugir de seis elementos armados que estavam em dois carros, modelo Siena e um táxi, e que estava no semáforo em frente à Arena Amadeu Teixeira, quando ele e seu irmão foram abordados pelos elementos (sexo não informado).

Ainda para a guarnição, Luciano declarou que conseguiu fugir após um descuido do grupo e que quando correu ouviu três disparos. Ele achou que era na sua direção, mas na verdade os tiros foram em seu irmão.

Buscas foram realizadas no ramal para tentar localizar algum suspeito de fazer parte do grupo, mas sem êxito. Luciano foi conduzido ao 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), para prestar esclarecimentos e para verificar se existe algum mandado de prisão expedido a favor dele.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.