ZONA LESTE

Homem é perseguido e morto com 16 facadas e um tiro no Tancredo Neves

O autores do homicídio de Alexandro da Silva Reis, 31 anos, ainda cravaram a faca na nuca da vítima

Marcos Lima
03/01/2020 às 15:19.
Atualizado em 10/03/2022 às 20:06

(Foto: Junio Matos)

Alexandro da Silva Reis, 31 anos, mais conhecido como "Gordinho", foi morto na manhã desta sexta-feira (3). Segundo informações repassadas para a Polícia Militar, ele estaria sendo perseguido, tentou se esconder em um banheiro que fica nos fundos de uma residência, localizada na Rua 31 de Maio, bairro Tancredo Neves, Zona Leste, mas foi alcançado e morto com pelo menos 16 facadas e um tiro no tórax.

De acordo com o sargento Araújo, da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), 2 carros, sendo um de cor branca e outro de cor preta, perseguiram a vítima. Ele correu e tentou se esconder no terreno na Rua 31 de Maio, entrou em um beco que fica ao lado da residência e tentou escalar um barranco, mas não conseguiu.

A vítima então se escondeu em um banheiro que fica nos fundos do terreno. Os infratores então o alcançaram, o forçaram a ficar de joelhos e atiraram no tórax da vítima. Por fim, deram 16 facadas e ainda cravaram uma faca na nuca de Alexandro.

Os moradores da casa, ao ouvirem os barulhos dos tiros, saíram de sua residência e foram até o banheiro. Lá em encontraram a vítima de bruços sobre o vaso sanitário. Os proprietários então ligaram para a polícia.

Por volta das 10h30, o Serviço de Atendimento Médico de Urgência foi ao local e atestou o óbito. Os policiais militares da 25ª e 13ª Cicom isolaram a área até a chegada do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) para realizar a perícia. Agentes do Instituto Médico Legal (IML) removeram o corpo e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por