Publicidade
Manaus Hoje
feminicídio

Homem é preso acusado de matar a esposa na frente dos filhos, em Itapiranga

Jésio confessou ter esfaqueado a mulher e foi preso em meio a comoção da população, revoltada com o crime 28/06/2016 às 19:00 - Atualizado em 28/06/2016 às 20:56
Show hfgfhfgh
Crime comoveu a população da cidade. Jésio, no destaque, confessou a autoria do crime
acritica.com*

Jésio Guedes Gama, 38, foi preso, em Itapiranga (AM), pelo feminicídio da ex-companheira dele, Elene Márcia Andrade da Cruz, cometido na última sexta-feira, dia 24. A vítima tinha 30 anos. A prisão, efetuada pela equipe de investigação da Polícia Civil da 38ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP),ocorreu na manhã desta terça-feira (28), por volta das 10h. 

De acordo com o delegado João Manuel Filgueiras, o homem foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido segunda-feira (27) pela juíza da Comarca de Itapiranga, Articlina Oliveira Guimarães. Conforme João Manuel, a vítima já havia sido ameaçada de morte após o término do relacionamento, pois o infrator não aceitava o fim da relação. No dia do crime Jésio teria ido à casa de Elene e iniciado uma discussão por conta de um suposto relacionamento amoroso que ela estaria tendo.  

“Jésio teria ficado bastante transtornado e se armou com uma faca de cozinha. Em seguida ele desferiu golpes na região abdominal de Elene. Logo após cometer o crime fugiu do local sem prestar socorro. A mulher chegou a ser socorrida com vida. Primeiramente foi atendida no hospital de Itapiranga e, em seguida, foi transferida para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, na capital, onde veio a óbito no mesmo das agressões, por volta das 14h “, explicou Manuel.

O delegado ressaltou, ainda, que o caso causou grande comoção nos moradores de Itapiranga, pois o crime foi cometido na frente dos dois filhos do ex-casal, de um e três anos de idade. “Populares realizaram protestos e cobraram justiça. Tivemos conhecimento da ocorrência e, de imediato, demos início às diligências para que pudéssemos dar uma resposta rápida aos comunitários em geral”, disse.

Jésio confessou a autoria do crime e foi indiciado por feminicídio. Após os procedimentos cabíveis na 38ª DIP ele permanecerá preso na carceragem da delegacia, que também funciona como unidade prisional em Itapiranga.

*Com informações da assessoria PC-AM

Publicidade
Publicidade