Publicidade
Manaus Hoje
AGRESSOR

Homem é preso após bater na ex-esposa e tentar matar ex-sogro a facadas em Manaus

Segundo a mulher vítima das agressões, o suspeito havia tentado reatar casamento, Ele a obrigou a ir a uma festa com ele e depois a agrediu afirmando que um homem havia “olhado” para ela 06/01/2019 às 12:15
Show 557f1cc2 6d6e 4c1d 81d1 fba96a68a582 284b96bf 5877 4fa2 a3f5 6b355147a077
Foto: Jander Robson
Fábio Oliveira Manaus (AM)

O desempregado Leonaycon Cabral Marques, de 34 anos, foi preso em flagrante na manhã deste domingo (6), em Manaus, após bater na ex-esposa de 30 anos e tentar matar a facadas o ex-sogro, um idoso de 60 anos, durante uma briga em uma residência na rua Louro Tachi, no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte da capital.

O suspeito agrediu com socos a ex dele, Ana Lúcia Silva, e desferiu duas facadas no braço do pai dela, o idoso Pedro Pedrosa da Mota. Segundo a mulher vítima das agressões, o Leonaycon tentou reatar o casamento na noite de sábado e, sob ameaça de morte, a obrigou a sair para uma festa. “Eu fui para não criar confusão”, esclareceu a industriária.

De acordo com ela, ao chegar da festa, por volta das 6h, ambos foram para casa e, dentro do imóvel, discutiram após o suspeito a questionar sobre um homem que teria supostamente olhado para ela. “Eu falei que não havia sido nada e quando disse que uma mulher olhou pra ele, ele me deu um soco”, disse.

Em seguida, ela correu para a rua e o pai, que mora próximo, correu para ajudar após ser acionado por um dos netos. “Meu pai foi ajudar e ele deu as facadas nele, errou várias, era pra pegar no rosto, na cabeça, mas ele errou”, contou. Leonaycon fugiu em seguida, mas foi capturado e espancado por populares.

Uma viatura da 26ª Companhia Interativa Comunitária chegou ao local e prendeu o homem. Ele foi conduzido para a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) e, lá, foi constatado que ele não devia se aproximar da ex por conta de medida protetiva. Ele foi autuado por lesão corporal e também por lesão corporal grave contra o ex-sogro.

Publicidade
Publicidade