Quarta-feira, 01 de Abril de 2020
VILA DA PRATA

Homem é preso por estuprar e roubar a própria vizinha no Vila da Prata

Fernando Henrique Cardoso, 26 anos, conhecido como “Gordo", foi preso pela polícia por invadir a casa de uma mulher de 55 anos, vizinha dele. O suspeito roubou e estuprou a vítima. O crime ocorreu na madrugada do dia 13 de fevereiro deste ao



WhatsApp_Image_2020-02-20_at_12.28.33_E9BB2CEA-092F-495A-887F-31D42646422B.jpeg Foto: Jair Araújo
20/02/2020 às 13:46

Fernando Henrique Cardoso, 26 anos, conhecido como “Gordo", foi preso na Avenida Paraguaçu, bairro Vila da Prata, Zona Oeste de Manaus, na quarta-feira (19), suspeito de ter invadido a casa da vizinha dele, uma mulher de 55 anos. A vítima foi estuprada, roubado e, Gordo, ainda tentou matar a vítima.

O crime ocorreu na madrugada do dia 13 de fevereiro deste ano, por volta das 1h, na casa onde a mulher mora, localizada no bairro Vila da Prata, Zona Oeste da capital. Além de ter sido estuprada, Fernando roubou a carteira e o celular da vítima, segundo o delegado Rodrigo Barreto, titular da 4ª Seccional Oeste.



Crime em meio à madrugada

“O homem é conhecido de longa data da vítima. No entanto, ela nega ter tido qualquer relacionamento com ele” declarou a autoridade policial. A vítima acordou com o homem em cima dela, tentando enforcá-la. Assustada, a mulher tentou reagir, mas não conseguiu e desmaiou.

Ao acordar, a vítima se deparou com o quarto vazio. Em um primeiro momento, achou que tinha tido um pesadelo, segundo Barreto. Ao se levantar e ir ao banheiro, ela verificou que estava com marcas vermelhas pelo corpo e a língua, além de estar com os olhos escuros. “Foi nesse instante que ela achou que tinha sofrido um infarto”, complementou o delegado.

Rodrigo Barreto, titular 4ª Seccional Oeste. Foto: Jair Araújo

Ao tentar sair da casa para ir a um hospital, a mulher percebeu que a porta da residência estava arrombada e que ela havia sido roubada. A partir daí, a vítima procurou o 21° Distrito Integrado de Polícia (DIP) e registrou um Boletim de Ocorrência (BO).

Exame de conjunção carnal

Após confirmação dos exames pedidos pela delegacia, foi constatado que a mulher foi estuprada, conforme os laudos de comprovação de conjunção carnal e coito anal. Barreto informou que as equipes de investigação identificaram o paradeiro do suspeito por meio das imagens de câmeras de segurança de casas próximas à residência onde o crime ocorreu.

Em depoimento à polícia, Fernando negou autoria da prática criminosa, mas confirmou ser ele o homem que aparece nas câmaras de segurança, entrando na casa da vítima e saindo, com os objetos roubados. O suspeito não possui histórico criminal.

Fernando responderá por estupro e latrocínio tentado. O suspeito será levado à Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, situado no bairro São Francisco, Zona Centro-Sul de Manaus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.