Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2019
ILEGAL

Homem é preso por manter cativeiro ilegal de pássaros no Vale do Sinai

De acordo com o Batalhão Ambiental da Polícia Militar os animais eram mantidos sob condições de maus-tratos. O suspeito não apresentou nenhum documento de certificação emitido por algum órgão responsável.



Sexto_DIP_8DC48911-262C-4A72-AD1A-A523FA17B3A4.jpg Foto: Assimp Polícia Civil
30/11/2019 às 23:10

Após uma denúncia feita de forma anônima, o Batalhão Ambiental da Polícia Militar (BAPM) apreendeu na noite deste sábado (30), pássaros silvestres de espécies distintas, além de um homem que mantinha o cativeiro ilegal na comunidade Vale do Sinai, zona norte de Manaus.

De acordo com o coordenador da operação, tenente Thiago Ribeiro, os animais eram mantidos sob condições de maus-tratos em uma casa localizada na rua Dez, da comunidade Vale do Sinai, além de o suspeito não possuir nenhum documento de certificação de algum órgão responsável.



Foto: Divulgação/PMAM

"Chegamos ao local, após denúncia pelo Linha Direta, e identificamos cerca de 48 pássaros silvestres em condições de maus-tratos, além de encontrarmos, por exemplo, 10 pássaros juntos em uma gaiola pequena, o que configura uma condição desagradável aos animais. Questionamos sobre o documento de certificação do órgão, e o indivíduo nos apresentou apenas uma relação com os nomes dos pássaros - que já estava com a data vencida. Acionamos as viaturas ambientais, que fizeram a apreensão, além da Perícia Ambiental e, em seguida, demos voz de prisão ao autor", destacou o tenente.

O homem, juntamente com os animais apreendidos, foi encaminhado para o 6° Distrito Integrado de Polícia (DIP), que atua como central de flagrantes da zona Norte. Na unidade policial, o suspeito será autuado em flagrante e aguardará os procedimentos cabíveis em torno do caso. 

Foto: Jan Nogueira


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.