Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
BARBARIDADE

Homem é preso por matar a facadas amante grávida em motel no Aleixo

Fabrício Moura de Queiroz contou que ele se revoltou com a vítima após ela começar a ameaçar os seus filhos. Ele era o pai do bebê que Suely Pereira dos Santos teria



homem_A91A7071-6082-4DB0-828A-1A0D9C31B7E6.JPG Foto: Márcio Silva
26/08/2019 às 11:26

Fabrício Moura de Queiroz, 30, apontado como autor da morte de Suely Pereira dos Santos, 43, que estava grávida do suspeito, foi apresentado nesta segunda-feira (26) à imprensa na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), na Zona Leste de Manaus.

Segundo o delegado Paulo Martins, titular da DEHS, Fabrício era casado e teve um relacionamento extraconjugal com a vítima durante cerca de 8 meses. O crime ocorreu no dia 28 de outubro de 2018, em um motel situado no bairro Aleixo, Zona Centro-Sul da capital. Fabrício desferiu 24 facadas em Suely.



“Ele saiu sozinho do motel. Funcionários do estabelecimento encontraram o corpo da vítima. Durante as investigações foi constatado que Suely estava grávida e que supostamente o crime poderia estar relacionado com a não aceitação da gravidez por parte de Fabrício”, informou a autoridade policial.

Em depoimento, Fabrício afirmou que Suely não aceitava o fim do relacionamento que, de acordo com ele, durou 40 dias. Após o fim do namoro, ela teria começado a persegui-lo e o ameaçava de morte, caso não reatasse o namoro.

Fabrício contou que ele se revoltou quando Suely começou a ameaçar os seus filhos. “Ela mandava fotos dos meus filhos e dizia que ia matá-los. Eu perdi o controle e fiz o que fiz. Não sabia que ela estava grávida. Estou arrependido”, disse.

O delegado Paulo Martins informou que após ser constatada a autoria do crime, foi representado à Justiça o pedido de prisão. O mandado foi expedido dia 6 de fevereiro e desde então começaram as investigações para saber o paradeiro de  Fabrício.

O delegado Aldeney Goes, titular do 19° Distrito Integrado de Polícia (DIP), disse que a equipe da Polícia Civil recebeu informações que Fabrício estaria escondido na rua Alfredo Nascimento, bairro Nova Esperança, na Zona Oeste. Por volta das 6h de sexta-feira (23) os policiais foram ao local e prenderam o suspeito.

Ele foi encaminhado para a sede da DEHS. Como já havia mandado de prisão, ele será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no quilômetro 8 da BR-174.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.