Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019
NA ZONA LESTE

Homem é preso suspeito de estuprar filha com deficiência intelectual

Delegado informou que os abusos aconteciam com frequência desde 2016, quando a mãe da vítima morreu e ela foi morar com o pai



suspeito_de_estupro_885A61B8-D397-41DD-B16A-F2C9FCC157F8.JPG Foto: Jair Araújo
19/08/2019 às 12:06

Um homem de 53 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (19), suspeito de estuprar da própria filha, uma pessoa com deficiência intelectual, de 30 anos. A prisão foi realizada por policiais civis do 30° Distrito Integrado de Polícia (DIP), na rua Pau Ferro, bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus.

Segundo o titular da unidade policial, delegado Torquato Mozer, a vítima começou a ser abusada sexualmente em 2016. Depois da morte da mãe dela, ela e o irmão, um adolescente de 17 anos, foram morar com o suspeito.

“Desde da morte da mãe da vitima, a filha passou a morar com o pai e os crimes começaram. A vítima conseguiu avisar vários dos seus vizinhos que procuraram a delegacia. Aí sim, se iniciou o processo investigativo, que culminou com a prisão do pai”, disse.

Conforme o delegado, as investigações iniciaram há quinze dias e exames comprovaram o caso de violência sexual. "Passamos a levantar com a vizinhança de que havia uma vítima sendo abusada sexualmente por parte do seu pai. Traçamos uma estratégia investigativa, onde se necessitava que fosse feito exames periciais e também passasse por procedimento de assistência social e psicológico”, destacou.

Por ter sido preso na parte da manhã, o delegado afirmou que as oitivas com o suspeito acontecerão pela parte da tarde na unidade policial. O homem nega as acusações. “Ocorre que em conversas iniciais com ele, o mesmo negou. É claro que negar faz parte aqui da estratégia de defesa ou não, mas, os exames periciais e técnicos comprovam que existem sim, grandes evidências de que houve por parte do pai, a violência sexual contra sua filha”, finalizou o delegado.

O cumprimento de mandado de prisão temporária do suspeito foi representado pelo delegado logo após o conhecimento do caso. A ordem judicial foi expedida no dia 16 de agosto de 2019, pelo juiz Alcides Carvalho Vieira Filho, no Plantão Criminal.

O homem foi indiciado por estupro de vulnerável e após os procedimentos cabíveis será encaminhado ao Centro de Detenção Provisório Masculino, onde ficará a disposição da Justiça.

News karol 5249a044 89f6 4d99 98db 77f68d4ef8e4
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.