Domingo, 15 de Setembro de 2019
motivo fútil

Homem é preso suspeito de matar agricultor por não lhe pagar R$ 50

Agricultor não teria pagado dívida por capinagem de quintal. Um suspeito de cometer o crime segue foragido



homem_123_01296E9B-353E-4A24-810A-1115BA1A2A3E.JPG André da Silva Oliveira durante apresentação. Foto: Jair Araújo
11/09/2019 às 11:03

André da Silva Oliveira, mais conhecido como "Bola", de 35 anos, suspeito de assassinar a golpes de punhal o agricultor Alcimar da Silva Moteiro, 56, foi apresentado à imprensa nesta quarta-feira (11) após ser preso. O motivo para o crime seria uma dívida que a vítima teria R$ 50.

Além de André, um comparsa identificado como Marcos Gabriel das Chagas Silva, conhecido como “Neguinho”, de 19 anos, que está foragido, é apontado pelas investigações de ter participação na execução.

Segundo o delegado Paulo Martins, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde ocorreu a apresentação de André, a dupla capinou um quintal que pertencia ao agricultor. Pelo trabalho, eles receberam uma parte do valor acordado, mas ainda faltou pagar a quantia de R$ 50. A dupla então passou a cobrar a dívida ameaçando o agricultor.

O delegado contou que no dia 1º de setembro deste ano, a dupla foi até o ramal Água Branca, no quilômetro 35 da rodovia estadual AM-010, cobrar a dívida. André colocou um punhal na cintura com o intuito de assustar a vítima, caso ele não pagasse a dívida. No local, o agricultor se recusou a pagar o valor de R$ 50 referentes ao quintal capinado. A dupla então se irritou e discutiu com o agricultor. Durante a discussão, a dupla assassinou o agricultor com várias punhaladas.

Marcos Gabriel das Chagas Silva, conhecido como “Neguinho”, de 19 anos, está foragido

Após o homicídio, a polícia começou a investigação e chegou até os suspeitos e foi até a residência deles, mas nenhum foi encontrado. Nesse período foi pedido o mandado de prisão da dupla. Na segunda-feira (9) os mandados de prisão preventiva foram expedidos pela Juíza Patrícia Chacon de Oliveira Loureiro, do Plantão Criminal.

Na manhã de terça-feira (10), por volta das 10h, André foi à delegacia para se apresentar espontaneamente e prestar esclarecimentos. Mas como o mandado de prisão preventiva já estava expedido, ele acabou sendo preso.

André foi indiciado por homicídio qualificado e vai ser encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no quilômetro 8 da BR-174. O segundo suspeito, conhecido como "Neguinho", segue foragido. A polícia divulgou a foto dele e pede a colaboração da população para capturá-lo. Quem tiver informação que leve a prisão de "Neguinho", pode ligar para os números (92) 3636-2874 ou 181.

News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.