Domingo, 27 de Setembro de 2020
CRIME BÁRBARO

Homem é preso suspeito de matar e enterrar corpo da companheira grávida

​João Paulo da Silva Castro, 38, é suspeito de ter matado a própria companheira que estava grávida de sete meses. Ele teria enterrado o corpo da vítima por desconfiar que o filho não fosse dele



show_1_36D71860-E09C-4CE8-B215-65CE765A6158.jpg Foto: Divulgação
29/07/2020 às 13:47

João Paulo da Silva Castro, 38, foi preso suspeito de matar a companheira, grávida de sete meses, e enterrar o corpo da vítima, pela suspeita de que o filho não fosse dele. A prisão ocorreu nesta quarta-feira (29), em um ramal localizado no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus.

O crime ocorreu em 14 de fevereiro de 2018, depois que o casal iniciou uma discussão, cujo principal motivo de conflito seria a desconfiança de João com relação à paternidade do filho da vítima. Segundo o delegado Torquato Mozer, do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o suspeito cavou um buraco em uma região de mata e escondeu o corpo da mulher, depois de enforcá-la. 



Populares encontraram o cadáver, dias depois do ocorrido, e acionaram a polícia. “Não havia outra saída, todas as suspeitas recaíam sobre João Paulo”, disse a autoridade policial. 

Ainda conforme Mozer, o homem confessou o crime e disse estar arrependido. O delegado afirmou, também, que João não possui passagem pela polícia. O suspeito ficará preso, à disposição da Justiça.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.