Sábado, 20 de Abril de 2019
publicidade
_ndice.jpg
publicidade
publicidade

CRIME

Homem enforcou a mulher até a morte após o sumiço de R$400 de sua carteira

De acordo com a polícia, após o crime Salmo Lopes de Oliveira, teria carregado o corpo da mulher até um terreno baldio que fica em frente a casa dele e saiu para trabalhar


04/04/2017 às 11:59

Dez dias após o homicídio de uma mulher identificada como Hellen Cristina Almeida de Araújo, 28, o autor do crime, o eletricista Salmo Lopes de Oliveira, 38, foi apresentado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Em depoimento o homem admitiu ter enforcado a mulher até a morte após o sumiço de R$400 da carteira dele. A polícia chegou até o autor após assistir imagens de segurança do local onde Salmo teria encontrado com a vítima e em seguida saído para a casa dele, levando a mulher com ele.

"Ele saiu com ela e a levou para casa. Em determinado momento ele foi ao banheiro tomar banho e quando retornou ao quarto com a mulher teria percebido que o dinheiro dele havia sumido. A partir daí os dois iniciaram uma briga, vendo as vias de fato”, afirmou o delegado da DEHS, Torquato Mixer.

Depois do crime Salmo teria carregado o corpo da mulher até um terreno baldio que fica em frente a casa dele e em seguida saiu para trabalhar. Ele se entregou na Especializada após ver a imagem dele sendo divulgada como procurado pelo crime.

À reportagem o autor disse que após a mulher morrer, ele encontrou o dinheiro escondido no sutiã da vítima. Na delegacia ele foi indiciado por homicídio qualificado. O infrator será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

publicidade
publicidade
Dupla suspeita de envolvimento em morte de idosa é presa no interior do AM
Detento do semiaberto morre após ser baleado em área de mata no bairro Alvorada
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.