Publicidade
Manaus Hoje
ABUSO SEXUAL

Homem flagrado estuprando catador de latas em via pública é preso pela polícia em Manaus

Em imagens de câmera de segurança é possível ver o suspeito se aproveitando da vítima, que estava desacordada. Ele abre as calças do catador de latas, o masturba e ainda tenta fazer sexo anal 05/02/2019 às 12:44 - Atualizado em 05/02/2019 às 14:55
Show estupro b8183c52 772d 47da 8999 dc1809c29a74
Foto: Reprodução
Márcia Monteiro Manaus (AM)

Um homem de 24 anos que foi flagrado por uma câmera de segurança estuprando um catador de latas de 48 anos  em via pública em Manaus foi preso na manhã desta terça-feira (5) pela Polícia Civil do Amazonas. O crime aconteceu no último 28 de janeiro e o vídeo do estupro circulou nas redes sociais. A identidade do homem preso não foi divulgada pela polícia. Informações preliminares dão conta que a vítima possui deficiência mental. 

Em imagens registradas por câmera de segurança é possível ver a vítima desacordada e deitada em via pública, sobre uma calçada do bairro Novo Israel. Depois, o suspeito aparece se aproximando a pé do catador de latas. Ele senta ao lado da vítima e abre o fechecler da calça dela.

Em seguida, conforme as imagens, o suspeito manuseia e masturba o órgão genital do catador de latas. Na sequência, o homem de 24 anos abaixa mais a calça da vítima e senta sobre ela na tentativa de fazer sexo anal. Por último, o estuprador enfia os dedos no ânus da vítima e, sem seguida, vai embora. O vídeo tem cerca de 2 minutos.

O crime só foi descoberto por ter sido registrado pela câmera de segurança. Segundo o delegado Ivo Martins, titular do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o catador de latas foi dado como desaparecido e logo após o abuso teria passado três dias internado em um hospital da cidade. Exames constataram que houve a introdução dos dedos do estuprador no ânus da vítima.

Segundo o delegado, o homem de 24 anos preso confessou o crime e disse que estava bêbado quando cometeu o abuso sexual. As investigações em torno do caso continuam e o suspeito deverá ser apresentado à imprensa assim que tudo for completamente elucidado.

Publicidade
Publicidade