Publicidade
Manaus Hoje
Violência no interior

Homem morre com uma facada nas costas após briga em Manacapuru

Dois homicídios foram registrados no município da Região Metropolitana neste domingo. Polícia já investiga os crimes 27/11/2016 às 19:18
Show show mpu 2 elton
O mototaxista Elton de Oliveira saiu de casa para jogar bola e não voltou mais (Divulgação)
Kelly Melo Manaus (AM)

A Polícia Civil em Manacapuru vai abrir inquérito para investigar dois assassinatos ocorridos na madrugada deste domingo no município. Uma das vítimas foi morta a facadas e a outra, a tiros.

De acordo com a polícia, Herbert Silva da Costa, 19, que foi assassinado com uma facada na costa. O crime aconteceu durante a madrugada deste domingo, no bairro Terra Preta, onde a Herbert teve um desentendimento com um homem, com quem ele possuía uma rixa antiga.

Segundo a polícia, o assassino abordou a vítima por trás e cravou a faca na costa dele. Em seguida, o assassino, que não teve o nome revelado, fugiu.

A Polícia Militar foi acionada para o local do crime e a vítima foi encaminhada para o hospital da cidade, no entanto, ele morreu assim que deu entrada na unidade. Até o momento, o criminoso não foi localizado.

Motivação desconhecida

Ainda na madrugada deste domingo,  o mototaxista Elton de Oliveira Nobre, foi encontrado morto no KM 24  da AM 352, estrada que Manacapuru a Novo Airão, próximo a uma chácara. Segundo familiares, a vítima tinha saído de casa para participar de um campeonato de futebol e não voltou mais.

Ele foi encontrado perto de uma chácara e a moto dele não foi levada pelos assassinos. Moradores da região acionaram a Polícia Militar, mas nenhum suspeito foi localizado.

O corpo de Elton  foi removido e levado para o hospital do município, onde foi reconhecido por familiares. Ninguém soube informar quem teria cometido o crime, mas a Polícia Civil vai investigar para identificar a autoria do crime e elucidar o caso. Os dois casos foram registrados no Distrito Interativo de Polícia de Manacapuru e estão sendo investigados pela Polícia Civil.

 

 

 

 

 

 

 

 

Hebert chegou a ser socorrido mas não resistiu aos ferimentos

Publicidade
Publicidade