Sábado, 24 de Agosto de 2019
CAIU

Homem que se passava por servidor do TCE-AM é preso após ação policial

Rodrigo Benaion Mendes, 30, foi preso na tarde dessa segunda-feira (5) após postar nas redes sociais produtos comprados com a identidade falsa



hudasaau___776E36CD-FD1F-4816-BC18-F871CF23BFAD.JPG Foto: Winnetou Almeida
06/08/2019 às 12:47

Rodrigo Benaion Mendes, 30, foi preso nesta segunda-feira (5) pelo crime de estelionato. O homem é suspeito de ter falsificado documentos de um servidor do Tribunal de Contas do Estado do AM, e de acordo com a investigação, ele usava documentos falsificados da vítima para comprar produtos em lojas de shoppings. A ação do estelionatário causou prejuízo de aproximadamente 30 mil aos cofres das lojas.

"Ele comparava os objetos mais caros das lojas, um dos objetos  era Iphone de R$ 9 mil e depois ostentava nas redes sociais, ele até dava presentes para outras pessoas", informou Aldeney Goes,  delegado titular do 19º Distrito Integrado de Polícia.

De acordo com a autoridade policial, foi constatado também que o estelionatário realizou abertura de crédito em bancos utilizando o nome do servidor do TCE-AM.  “A vítima, que também é servidor público, veio até a delegacia no dia 17 de Julho e informou que alguma pessoa estava utilizando o nome dele para compras. Foi quando iniciamos as investigações e conseguimos prender o Rodrigo", disse.

Investigação

Ainda segundo o delegado, as investigações iniciaram após o servidor de o TCE-AM ir até a delegacia e informar que alguém estaria usando o nome dela para fazer compras em Manaus. Com o infrator foram encontrados duas Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH), além de contracheques e comprovantes de residência com informações do advogado.

O delegado informou ainda que, as informações obtididas levaram quase um mês porque Rodrigo não tem passagem pela polícia e que o suspeito divulgava nas redes sociais os objetos que ele conseguia durante as ações criminosas.

Possíveis parceiros

A polícia informou que as investigações vão prosseguir para identificar a pessoa que ajudava Rodrigo a conseguir CNH’s parecidas com as originais. Os policiais não descartam a possibilidade de ter algum servidor de dentro do Departamento Nacional de Trânsito (Detran-AM) o ajudando.

O suspeito estava se preparando para fazer uma nova vítima. Ele vai responder por estelionato, falsificação de documento público e uso de documento falso. Ao término dos procedimentos será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM)
 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.