Domingo, 20 de Junho de 2021
Assassinato

Idoso é assassinado por pistoleiro enquanto trabalhava

Crime aconteceu enquanto a vítima montava a banquinha que usava para vender queijos



39681735-b419-4052-a511-d0c3a58cdb5d_E899C019-75D7-4A6F-B5D1-806C1850558B.jpg Foto: Josemar Antunes
05/11/2020 às 08:13

Raimundo Sotto Mayor Ribeiro, 60, conhecido como "Cabeça Branca", foi assassinado a tiros na manhã desta quinta-feira (5), enquanto arrumava uma banca de queijo, em frente do Mercado Dorval Porto, na avenida Djalma Batista, no bairro São Geraldo, na Zona Centro-Sul de Manaus.

Segundo relatos de testemunhas, o crime ocorreu por volta das 5h50. Raimundo e a esposa se preparavam para trabalhar, quando o assassino desceu de um ônibus do transporte coletivo, caminhou até o idoso e efetuou os disparos à queima-roupa. Em seguida, o autor do crime, que usava uma máscara de proteção contra o coronavírus, tirou a camisa e fugiu pela rua Picos das Águas sem ser identificado.



Após o crime, policiais militares da 22ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) fizeram buscas pela área para encontrar o assassino, mas sem sucesso. Imagens de várias câmeras de monitoramento devem ajudar na identificação do criminoso.

Conforme informações da perícia criminal, do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC), a vítima foi atingida com dois tiros na nuca. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Para a polícia, o crime possui características de vingança e descarta a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte), já que nenhum pertence da vítima foi levado pelo assassino. Raimundo não tinha antecedentes criminais.

A vítima trabalha há 20 anos no local com a venda de queijo. O caso será investigado pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.