Publicidade
Manaus Hoje
FRAUDE

Irmãos que davam golpes em idosos dentro de agências bancárias são presos em Manaus

Segundo a polícia, quando as vítimas saíam do caixa eletrônico, eles a abordavam dizendo que um canhoto havia saído e ofereciam ajuda. Com eles foram apreendidos 30 cartões de crédito, R$ 1.050 mil e um carro 22/01/2018 às 12:20 - Atualizado em 22/01/2018 às 12:22
Show 61dd9901 ec7f 44ba acb0 3b09d274dd0a
Foto: Jander Robson
Édria Caroline Manaus (AM)

Os irmãos Fábio Leite de Souza, de 35 anos, e Fabrício Leite de Souza, de 31 anos, foram presos em flagrante por policiais da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) pelo crime de furto qualificado mediante fraude. Segundo a Polícia Civil, eles davam golpes em clientes dentro de agências bancárias da cidade, principalmente idosos.

De acordo com o delegado Adriano Félix, titular da Derfd, os dois agiam dentro das agências e andavam com canhotos de cancelamento de cartões para aplicar os golpes. Segundo o delegado, no momento em que as vítimas saíam do caixa eletrônico eles a abordavam dizendo que um canhoto havia saído após a vítima deixar o terminal eletrônico e lhes oferecia ajuda. Neste momento eles tinham a oportunidade de coletar dados das vítimas e trocavam por cartões de outras pessoas.

Adriano Félix confirmou que os principais alvos dos irmãos eram idosos. “Não que eles não cometessem esse tipo de crime com pessoas mais jovens, mas o alvo deles eram idosos”, explicou a autoridade policial, que afirmou ainda que os irmãos já aplicaram esse tipo de golpe em todo o País.

Fábio e Fabrício foram presos após cometerem o último crime, em uma agência bancária no bairro Parque Dez, na Zona Centro-Sul de Manaus, onde um idoso de 72 anos foi a vítima. Fabrício foi preso no bairro Cidade de Deus, já Fábio foi preso no bairro Monte Sião. Com eles foram apreendidos cerca de 30 cartões de crédito, R$ 1.050 mil furtados do idoso e um carro modelo Voyage, de cor branca.

Os irmãos foram autuados em flagrante por furto qualificado mediante fraude e após os procedimentos serão encaminhados para a audiência de custódia.

Publicidade
Publicidade