Publicidade
Manaus Hoje
POLÍCIA

Jovem matou advogado a facadas em Manaus por ciúmes de namorada, diz polícia

Walberthe Vieira, 21, confessou o crime. A vítima foi assassinada no dia 8 de novembro em um bar no conjunto Oswaldo Frota 03/12/2018 às 11:06 - Atualizado em 03/12/2018 às 11:38
Show morte 16453acc b714 4389 876c e9432511521c
Foto: Jander Robson/Freelancer
Márcia Monteiro Manaus (AM)

Walberthe Vieira Cabral, de 21 anos, acusado de matar a facadas o advogado Delano José da Silva, 43, foi apresentado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (3) em Manaus. As investigações apontaram que o suspeito assassinou a vítima por ciúmes da namorada. Ele confessou o crime.

O advogado foi assassinado no dia 8 de novembro com seis facadas durante uma discussão no bar da namorada dele, no conjunto Oswaldo Frota, bairro Cidade Nova, Zona Norte da capital.

O acusado foi preso por policiais da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na última sexta-feira (2) após ele se apresentar na unidade policial. Walberthe confessou o crime porque, segundo ele, a família estaria sendo ameaçada.

De acordo com o delegado Orlando Amaral, titular da DEHS, a morte do advogado foi motivada por ciúmes. Delano teria chegado no bar da namorada e Walberthe estava no local. Segundo a polícia, Walberthe estava acompanhado de outra mulher, que teria dado o número de telefone para o advogado.

Vítima e autor começaram uma luta corporal quando o advogado falou que iria buscar uma arma dentro do carro. Walberthe então pegou uma faca que teria sido usada em uma briga horas antes e desferiu várias vezes contra Delano.

O suspeito confessou o crime à polícia e será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), presídio localizado no Km 8 da rodovia BR-174.

Publicidade
Publicidade