Segunda-feira, 25 de Maio de 2020
TRAGÉDIA

Jovem sai para negociar carro e acaba morto com tiro no pescoço em ramal

Luiz Fernando Maia Malheiros, 21, não resistiu aos ferimentos da arma de fogo. Polícia investiga suspeito



show_show_iml_718F135D-B174-45E2-8EEA-8D9E99AB2CB3.jpg Foto: Divulgação
07/04/2020 às 14:38

O microempresário Luiz Fernando Maia Malheiros, 21, morreu em uma unidade hospitalar da capital, nessa segunda-feira (6), após ser atingido com um tiro no pescoço no Ramal do Brasileirinho, bairro Distrito Industrial 2, Zona Leste de Manaus. O homem havia ido ao local junto de um conhecido para fechar uma proposta de transferência de propriedade de um carro, quando foi morto pela pessoa com quem negociaria o veículo.

De acordo com Boletim de Ocorrência (BO) registrado no 14° Distrito Integrado de Polícia (DIP), o crime ocorreu no dia 19 de março deste ano, quando Luiz e um jovem de 24 anos, que teve a identidade preservada, saíram do município de Presidente Figueiredo, distante 117 quilômetros em linha reta da capital, e foram até o Ramal do Brasileirinho.



A dupla havia marcado de encontrar, às 10h, um homem, ainda não identificado, com o qual iriam fechar a proposta de transferência de propriedade de um carro de modelo Celta, da marca Chevrolet.

Momento do crime

Ao chegarem no local, dentro do carro, Luiz e o conhecido foram surpreendidos pelo agressor, que entrou no veículo, portando uma pistola e uma faca, e ordenou que o condutor do automóvel dirigisse para fora da localidade.

À certa distância do Ramal do Brasileirinho, o homem atirou contra o pescoço de Luiz Fernando e exigiu que o condutor continuasse dirigindo o carro.

Ao chegarem a uma via sem saída, o agressor ordenou que o conhecido de Luiz empurrasse o microempresário para fora do veículo. Nesse momento, o jovem de 24 anos aproveitou um instante de distração do criminoso e saiu do carro, fugindo, correndo, do local.

Luiz foi socorrido e levado a uma unidade hospitalar da capital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Um Inquérito Policial (IP) foi instaurado e transferido para o 30° Distrito Integrado de Polícia (DIP), que investigará o caso.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.