Terça-feira, 11 de Agosto de 2020
NOVAMENTE PRESO

Liberado pelo crime de receptação, ‘Pesadelo’ é preso pela suspeita de estupro

O suspeito confessou o crime e afirmou que estava sob efeito de drogas e álcool. Ele foi preso no Centro de Manaus e encaminhado ao 1º DIP



14f888fc-6929-42c0-8465-87037193140a_FFF48A01-8570-405A-BF5E-041C2C3D9661.jpg Foto: Divulgação
18/06/2020 às 16:14

Um homem identificado apenas pela alcunha de “Pesadelo” foi preso no bairro Centro, na Zona Sul de Manaus, nesta quinta-feira (18), segundo o delegado Jander Mafra, do 4° Distrito Integrado de Polícia (DIP). O indivíduo é suspeito de ter estuprado uma mulher quatro vezes, no último domingo (14).

Pesadelo havia sido enviado à audiência de custódia pelo crime de receptação, tendo sido liberado. A suspeita do crime de estupro não havia sido analisada pelo juiz que realizou o julgamento deste caso, conforme Mafra.



Nesta quinta-feira, antes de ser levado ao 6° DIP, Pesadelo foi apresentado à imprensa no 1° DIP, localizado no bairro Praça 14 de janeiro, na Zona Sul da capital, onde confessou o crime, afirmando que estava sob o efeito de drogas e álcool quando o cometeu. “Aquela foi a primeira vez”, disse o homem, se referindo ao ato.

Ele afirmou, ainda, que não havia obrigado a vítima a engolir dois chips de celular, como foi relatado pela mulher à polícia. “Não mandei ela engolir não, fui eu que quebrei o chip dela”, disse o suspeito.

Entenda o caso

Pesadelo havia sido preso por receptação, pelo fato de ele ter feito uso de  uma motocicleta roubada, conforme Mafra. Durante o flagrante  ocorrido pela suspeita deste delito, não foi possível à polícia prender o homem pela suspeita do crime de estupro devido ao fato de que era necessário haver o reconhecimento facial do suspeito, por parte da vítima, além da obtenção de outras informações, de acordo com o delegado.

“Na terça-feira [16], chamamos a vítima, que reconheceu o rapaz. Nós solicitamos o laudo do IML [Instituto Médico Legal], referente ao estupro. Fizemos uma petição, que foi protocolada no fórum, que foi para o plantão criminal”, relatou Mafra.

Quando foi preso nesta quinta-feira, no Centro, pela suspeita de estupro, Pesadelo havia sido liberado da audiência de custódia relacionada à suspeita do crime de receptação.

Conforme Mafra, o estupro ocorreu no dia 14 de junho, na comunidade Vale do Sinai, localizada na Zona Norte da capital. Pesadelo havia mostrado uma arma à vítima, quando ela ia ao trabalho. Após pedir que ela pegasse na mão dele, o homem a forçou a acompanhá-lo a uma área de mata, onde realizou o crime.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.