Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
DE NOVO

Loja na Compensa é assaltada pela segunda vez em menos de um mês

Ao menos 30 celulares com valores entre R$ 1,5 mil e R$ 4 mil foram levados pelos assaltantes da TV Lar da Compensa



d8ea5790-ad41-4f12-9e01-86bbd577d084_B69E312A-B22F-4B69-B375-E6407B1A5CA6.jpg Foto: Márcio Silva
30/05/2019 às 19:28

A Loja TV Lar que fica na rua Amazonas, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, foi assaltada pela segunda vez em menos de um mês, na tarde desta quinta-feira (30). Funcionários disseram que o alvo dos assaltantes são sempre os celulares caros.

Conforme os funcionários, um homem entrou na loja e, após se dirigir ao local onde acontece a venda dos celulares, saiu da loja sem levar nada. Ao retornar minutos depois, ele trouxe mais dois homens. Armados com revólveres calibre 38, eles anunciaram o assalto e levaram ao menos 30 aparelhos que valiam entre R$ 1,5 mil e R$ 4 mil em uma bolsa.

Ao perceber pelas câmeras do circuito interno a movimentação estranha na loja, um segurança desceu ao local de exposição dos produtos e disparou três vezes contra os criminosos. Eles então reagiram, disparando contra o segurança e, logo após o confronto, fugiram a pé.

Um dos tiros chegou a acertar um carro que estava do outro lado da rua, em frente a um salão de beleza que tem porta de vidro. A mulher que cuida do salão, que não quis ser identificada, disse que o carro salvou a sua vida, já que a porta do salão é de vidro e caso o carro não estivesse na frente, o tiro iria atravessar a porta e possivelmente iria atingi-la.

A Polícia chegou logo em seguida, mas não conseguiu encontra nenhum dos 3 assaltantes. Funcionários da loja disseram que vão levar as imagens do roubo à polícia para tentar identificar e prender os assaltantes.

Receba Novidades

* campo obrigatório
News mark 33e2e16a 10de 400f 92c3 ec9d554e6edf
Repórter de A CRÍTICA

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.