Sábado, 28 de Março de 2020
TRÁFICO DE DROGAS

Mais de R$ 10 mil em comprimidos de ecstasy são aprendidos no Porto de Manaus

Os 200 comprimidos da droga sintética foram encaminhados à Polícia Federal para que seja instaurado inquérito para tentar identificar a quem se destinava o material



droga_5BB150BC-ACA7-4C3F-93A4-63DE3B511DEC.jpg Foto: Divulgação
26/02/2020 às 18:16

O Serviço de Vigilância e Repressão ao Combate ao Contrabando e Descaminho da Alfândega do Porto de Manaus (SEREP) aprendeu,hoje (26), 200 comprimidos de droga sintética da espécie ecstasy, avaliados em R$ 10 mil. A droga foi encaminhada à Polícia Federal para que seja instaurado inquérito policial para tentar identificar a quem se destinava o material.

De acordo com a assessoria de imprensa da Alfândega, a apreensão da droga aconteceu durante operação no Centro de Tratamento de Cartas e Encomendas (CTCE) dos Correios que contou com a atuação da Equipe de K9 da Receita Federal em Manaus, com destaque para o agente canino “Odin”,



De acordo com informação da assessoria, os 200 comprimidos de ecstasy eram destinados a Manaus. Sendo 100 comprimidos provenientes de São Paulo/SP e estavam escondidos em um suporte para pescoço, e 100 comprimidos vieram de Curitiba/PR, dentro de uma caixa utilizada para envio de encomendas.

Essa é a terceira apreensão de droga sintética feita pelo SEREP neste ano. No dia 28 de janeiro foram apreendidos 500 comprimidos ecstasy e no dia 18 de fevereiro foram apreendidos mais 550 da droga. Conforme levantamento feito pela polícia casa comprimido é vendido por R$ 50, e os usuários estão entre jovens da classe média alta.

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.