Publicidade
Manaus Hoje
Zona Leste

Polícia é acionada para apurar caso de suposto artefato explosivo no São José

Populares procuraram a delegacia para informar que veículo teria jogar mochila em calçada de residência. Grupamento de Manejo de Aertefatos Explosivos está no local para realizar procedimentos 28/07/2016 às 15:14 - Atualizado em 28/07/2016 às 18:15
Show grupo marte
Dessa vez, caso é na rua Rosarinho, bairro São José
acrítica.com Manaus (AM)

O Grupamento de Manejo de Artefatos de Explosivos (Marte) da Polícia Militar foi acionado na tarde desta quinta-feira (28) para apurar o caso de um suposto artefato explosivo deixado na rua Rosarinho, bairro São José, Zona Leste de Manaus.

Segundo o tenente da 9ª Companhia Interativa Comunitária, Michel Bahiense, populares procuraram o quartel da delegacia para informar que um carro, de modelo e placas não identificados, teria passado, parado e jogado uma mochila na calçada de uma residência.

Após análise do material feita pelo Grupo Marte e pelo Departamento de Perícia Técnico-Científica (DPTC), foi descartada a suspeita de bomba. Segundo a polícia, na mochila foi encontrado um caderno, documentos pessoais e material escolar.

Segundo o diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), Geraldo Elói, a hipótese é que a mochila tenha sido roubada de um estudante e que, após o crime, os bandidos jogaram a bolsa em via pública durante fuga em veículo.

Por meio de nota, a Polícia Militar disse que “após os procedimentos de análise e recolhimento do material encontrado no local, foi constatado não se tratar de objeto explosivo”. Durante os trabalhos do Grupo Marte, a rua Rosarinho e adjacências ficaram interditadas.

Publicidade
Publicidade