Publicidade
Manaus Hoje
500 QUILOS

Meia tonelada de maconha apreendida no Careiro estava avaliada em R$ 3 milhões

Homem foi preso como responsável pelos 500 quilos de droga. Também foram apreendidos um fuzil, duas pistolas, munições e uma luneta de arma 02/02/2017 às 11:39 - Atualizado em 02/02/2017 às 11:44
Show 4b31c1f4 3947 4df7 906f 137e876bfc06
(Foto: Jander Robson)
Dani Brito Manaus (AM)

A meia tonelada de maconha apreendida ontem pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e pela Polícia Civil, no município de Careiro Castanho, estava avaliada em R$ 3 milhões. Um homem identificado como Marcel Prestes Silva, 31, foi preso como responsável pelos 500 quilos de droga e também foram apreendidos um fuzil, duas pistolas, munições e uma luneta de arma.

A apreensão aconteceu em uma área de mata à beira do rio, nas proximidades da rodovia BR-319, dentro da comunidade Paraná do Araçá, no município de Careiro Castanho. O homem foi preso em Manaus, na rua 31 de Março, no bairro São Raimundo, na Zona Oeste da capital. Depois de ser preso, ele confessou que o local exato onde a droga estava.

Segundo a polícia, a droga estava a cerca de 300 metros da margem do rio. “Essa droga não estava escondida. Todo o material foi encontrado em cima da areia”, destacou o delegado Mário Paulo, da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai). O fuzil, as duas pistolas, quatro carregadores, 61 munições de calibre 9 milímetros, 89 munições de 5,56 milímetros e uma luneta de arma foram encontrados na casa do homem.

A prisão dele e a apreensão da droga ocorreram durante uma operação realizada pela SSP-AM e Polícia Civil, com participação de policiais da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai) e com o apoio do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) e Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera).

De acordo com secretária-executiva de inteligência, delegada Tâmera Maciel, o homem preso era responsável por fazer trazer droga para Manaus com segurança. Ele atuava em uma quadrilha fazendo a “segurança” do carregamento de drogas. O homem preso será encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Publicidade
Publicidade