Publicidade
Manaus Hoje
Investigação

Menina de 4 anos morre vítima de agressão e suspeita cai sobre mãe e padrasto

A pequena Letícia já chegou morta no SPA do Galileia, em Manaus, com várias escoriações pelo corpo, inclusive na boca. A criança havia se queixado das agressões do padrasto 03/05/2016 às 11:04 - Atualizado em 03/05/2016 às 11:33
Show  asl5691
A mãe biológica relatou à Polícia Civil que a filha caiu no banheiro, o que teria ocasionado as lesões no corpo. Porém, o caso ainda será investigado (Foto: Divulgação)
Fábio Oliveira Manaus

Vítima de agressão física, a pequena Letícia Ferreira Lobato, de apenas 4 anos de idade, já chegou morta no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galileia, por volta das 22h10 de ontem, segunda-feira (2), em Manaus.

A criança morava com a mãe biológica e o padrasto, segundo informações repassadas pelo pai, Leonardo Olavo, de 27 anos. Segundo ele, a filha sempre se queixou de agressões por parte do padrasto. Consta no Instituto Médico Legal (IML) que a causa da morte da menina foi realmente agressão física.

Uma prima do pai da vítima, de 35 anos, informou que Letícia também se queixava para a avó paterna sobre as agressões. Letícia deu entrada na tarde de ontem no SPA com várias escoriações pelo corpo, inclusive na boca.

A mãe biológica relatou à Polícia Civil que a filha caiu no banheiro, o que teria ocasionado as lesões no corpo. O caso será investigado pelo 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Publicidade
Publicidade