Publicidade
Manaus Hoje
MARIA DA PENHA

Motoboy é preso por espancar várias vezes a ex-esposa mesmo com medida protetiva

Segundo a polícia, Júlio Mota, 42, passou a agredir a vítima assim que o primeiro filho do casal nasceu. Eles se separaram, mas as agressões continuaram 15/01/2019 às 11:19 - Atualizado em 15/01/2019 às 11:21
Show 6c36f775 f781 47ac ae1a c74427f6d0c9 8c4bf4f5 092b 40bd 80df 154533776194
Foto: Divulgação
Márcia Monteiro Manaus (AM)

O motoboy Júlio de Souza Mota, de 42 anos, foi preso pela Polícia Civil do Amazonas, na manhã de hoje (15), em Manaus, suspeito de espancar várias vezes a ex-esposa dele, uma dona de casa de 32 anos, mesmo com medida protetiva a favor da vítima. A prisão aconteceu na residência onde ele morava, no conjunto Braga Mendes, Zona Norte de Manaus.

De acordo com a delegada Débora Mafra, titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM), o agressor e a vítima viveram juntos por três anos. Segundo a delegada, o homem passou a agredir a dona de casa assim que o primeiro filho do casal nasceu, em 2017, ano em que foi registrado o primeiro dos seis boletins de ocorrência que feitos contra ele.

Desde então, conforme a delegada, o casal se separou, mas as agressões continuaram. Após o homem descumprir três medidas protetivas, a delegada Débora Mafra pediu a prisão dele, que acabou preso pelos policiais civis assim que saia de casa por volta das 7h desta terça (15).

Agora, Júlio foi enquadrado na Lei Maria da Penha. Ele deve ficar preso na carceragem da delegacia até que todos os procedimentos cabíveis sejam feitos e, em seguida, será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), presídio localizado no Km 8 da rodovia BR-174.

Publicidade
Publicidade