Publicidade
Manaus Hoje
VIOLÊNCIA

Motorista do transporte alternativo foi morto por 'pura maldade', afirma cobrador

De acordo com a polícia militar, um homem foi preso suspeito de ter participado do crime que revoltou colegas de profissão 05/03/2017 às 11:20 - Atualizado em 05/03/2017 às 11:27
Show ca4f6915 c0e4 41b6 97c1 328b1519c04f
O velório do motorista aconteceu na manhã deste domingo, na casa onde ele morava, no bairro Zumbi 2 (Foto: Gilson Mello)
Dani Brito

O motorista Antônio Alves de Souza, 59, foi morto durante um assalto ao ônibus alternativo em que ele trabalhava, na noite desse sábado (4). O crime aconteceu na rua Nossa Senhora de Fátima, no bairro Santa Etelvina, Zona Norte da cidade.

De acordo com testemunhas, a vítima não reagiu ao assalto e mesmo assim foi alvejada com um tiro na nuca. O latrocínio ocorreu por volta das 18h30.

Dois assaltantes entraram no ônibus e quando chegaram no final da linha, anunciaram o roubo. "Eles pegaram os pertences de três passageiros que estavam dentro do onibus, roubaram a renda da viagem e antes de saírem do veículo, um deles virou e atirou na direção do Antônio por pura maldade", disse o cobrador e amigo da vítima Arlen de Souza, 29.

Após o crime motoristas e cobradores se revoltaram e fizeram uma manifestação na Bola do Produtor, no bairro Jorge Teixeira, pedindo mais segurança e uma resposta da polícia com relação ao latrocínio.

De acordo com a Polícia Militar, um homem foi preso, suspeito de ter participado do crime. Ele foi apresentado no 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP). O velório do motorista aconteceu na manhã deste domingo, na casa onde ele morava, no bairro Zumbi 2.

Publicidade
Publicidade